Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2014 / Fevereiro / Jornal da Metodista - Fevereiro/Março 2014

Jornal da Metodista - Fevereiro/Março 2014

26/02/2014

27/02/2014 18h30 - última modificação 18/03/2014 13h32

Um diamante pode valer uma fortuna, mas apenas se for lapidado. Caso contrário, será apenas uma pedra bruta, sem valor de mercado. Assim são os talentos: de nada adianta possuir um talento inato, se ele não for lapidado, moldado, trabalhado a ponto de se transformar em algo realmente produtivo.

Você pode ter talento para a escrita, mas isso não o transforma automaticamente em um escritor; um talento com números não faz com que seja um matemático do dia para a noite, assim como uma boa oratória não o transformará em um advogado assim, sem mais nem menos. Em todos esses casos, você precisará desenvolver esse talento. Nesta primeira edição do ano do Jornal da Metodista, preparamos para você uma matéria de capa especial, que irá orientá-lo a transformar essa pedra bruta em diamante. Ouvimos professores e especialistas de mercado, que listaram o que você deve fazer para percorrer esse caminho. E ainda apontamos alguns “atalhos” que poderão encurtar esse trajeto, serviços que a Metodista oferece como a Central de Estágios e o Centro de Línguas.

Muitos de nossos alunos já estão nessa trajetória, trabalhando para desenvolver seus talentos. Você pode conferir alguns exemplos nas próximas páginas, como os alunos de jornalismo que venceram o Prêmio ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio da Região de Ribeirão Preto) de Jornalismo José Hamilton Ribeiro, com uma matéria especial sobre a história do café.

Outro exemplo são os alunos que atuam na Agência Fages, que completou seu primeiro semestre de existência oferecendo aos alunos dos cursos de Gestão e Negócios a oportunidade do contato com clientes e a prática que encontrarão no mercado de trabalho.

Já os alunos de Comunicação puderam desenvolver seus talentos por meio da 3ª edição do Expometô, que levou 6 mil visitantes ao Pavilhão Vera Cruz. Um desses visitantes, hoje coordenador de Marketing dos sorvetes Fruttare, é ex-aluno da Metodista.

Já um grupo de alunos de Sistemas de Informação “lapidou” seu talento ao mesmo tempo em que se preocupou com a inclusão de deficientes visuais, ao estudar como o uso da sintetização e do reconhecimento de voz podem contribuir para a acessibilidade de deficientes visuais na Internet.

Você também encontra nesta edição uma matéria sobre o novo Projeto de Extensão da Metodista, uma parceria entre a Metodista, a Prefeitura de Santo André e a Faculdade de Medicina do ABC, que levará serviços públicos para regiões afastadas da cidade de Santo André e as novas especialidades de atendimentos da nossa Policlínica.

Boa leitura!

Prof. dr. Marcio de Moraes

Reitor


Leia as matérias nos links abaixo ou acesse a versão online:

Regiões de Santo André serão beneficiadas com Projeto de Extensão

Alunos de Jornalismo conquistam 1º lugar no Prêmio ABAG/RP

Desanimo: um sentimento presente na vida do ser humano

Soluções ao alcance das organizações

Expometô supera expectativas em sua 3ª edição

Talento: uma questão de escolha. E de preparo.

Policlínica oferece serviços diferenciados para cuidar da sua saúde

Biovia atende mais de mil caminhoneiros

Metodista é parceira em iniciativa que auxilia trabalhadores domésticos

Do outro lado do balcão

PósCom avança em projeto de internacionalização

Alunos são desafiados a desenvolver projeto sustentável e de baixo custo

Acessibilidade para deficientes visuais na internet é tema de trabalho de conclusão de curso

Metodista/São Bernardo é seleção brasileira

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático