Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2014 / Fevereiro / Alunos de Jornalismo conquistam 1º lugar no Prêmio ABAG/RP

Alunos de Jornalismo conquistam 1º lugar no Prêmio ABAG/RP

26/02/2014

05/06/2014 20h59

> Alunos visitaram a fábrica de leite Jussara, no interior de SP. Foto: Arquivo Pessoal

[REPORTAGEM SOBRE CAFÉ LEVOU O PRÊMIO PROPOSTO PELA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DO AGRONEGÓCIO]

Interessados em descobrir mais sobre um assunto distante da realidade
das grandes cidades, um grupo de alunos do curso de jornalismo da Metodista se propôs a produzir uma reportagem sobre o agronegócio. A proposta foi lançada pelo Prêmio ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio)/ RP de Jornalismo José Hamilton Ribeiro, criado em 2008 com o objetivo de incentivar e reconhecer o trabalho jornalístico dedicado à divulgação de assuntos relacionados ao agronegócio regional e nacional.

O Prêmio se divide em duas categorias: Profissional e Jovem Talento, na
qual os alunos se inscreveram. “Ao conhecermos o Prêmio achamos a
proposta muito boa. Conhecer o agronegócio, ver como funcionavam as plantações e todos os produtos que vem do campo é algo que não condiz com o que vivemos”, explica Deise Almeida, integrante do grupo recém formada no curso de Jornalismo, que participou em conjunto com os alunos
Fernanda Ferreira e Thiago Pássaro, do 7º semestre.

Para contribuir na criação das matérias, a organização do Prêmio leva os
inscritos para atividades práticas, seminários, palestras e visitas. Uma série de fontes obrigatórias que conhecem o assunto são selecionadas para serem entrevistadas.

Antes de partirem para Ribeirão Preto, onde fariam as entrevistas e toda a
produção da reportagem, os alunos pensaram no curto tempo que teriam e já decidiram a pauta: falar sobre o café orgânico. “Ao chegarmos lá visitamos a Feira Agrishow, conversamos com um especialista em café, na primeira conversa já vimos que o mundo do café era muito maior e que poderíamos fazer uma matéria mais aprofundada em relação a isso – e ali decidimos que queríamos abordar a trajetória do café no país, desde quando o grão chegou até os dias de hoje”, relata Deise.

Ao todo, foram cinco meses no processo e os alunos passaram por cerca
de dez cidades. “Visitamos fazendas de café, cooperativas, os lugares onde são estocados o grão, compreendemos o processo de diferenças do grão gourmet, orgânico, tradicional. Também conversamos com baristas e sommeliers de café”, conta a aluna.

1º lugar
Todo o esforço trouxe resultado. Os alunos conquistaram o 1º lugar no Prêmio, concorrendo com diversas universidades do interior de São Paulo, que tinham a vantagem do contato maior com o agronegócio.

Deise acredita que o fato de terem feito uma matéria didática, com curiosidades, para que qualquer público entendesse como funcionava o processo fez a diferença. “Colocamos vários desafios durante a produção, não sossegamos enquanto não descobrimos quem plantou a primeira muda de café no Brasil, por exemplo, e que 95% dos brasileiros consomem café.”

Uma banca composta por profissionais do agronegócio e da ABAG julgaram
os trabalhos. A reportagem dos alunos foi exibida na cerimônia de premiação, em Ribeirão Preto.

“O crescimento profissional é muito grande, aprendemos a dividir funções, tivemos contato com pessoas de diversas áreas. Também temos que agradecer aos professores da Redação Multimídia da Metodista que têm grande participação neste resultado. Essa conquista, importante na área, é uma enorme satisfação pessoal e mais um ponto para nosso currículo”, aponta Deise.

Para conferir a reportagem na íntegra, acesse: http://bit.ly/192F7cQ

Comunicar erros


Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático