Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Núcleo de Formação Cidadã / Sobre / Projeto Pedagógico

Projeto Pedagógico

Apresentação | Palavra do Coordenador | Projeto Pedagógico | Atuação

O Núcleo de Formação Cidadã (NFC) é um espaço em que se dá uma articulação expressiva da ação educacional confessional da Metodista com seu projeto pedagógico de formação cidadã. Os módulos, temas, atividades e projetos do NFC são norteados por dois princípios que se imbricam e fundam a articulação destas ações na Universidade: um atinente aoespírito universitário e outro àconfessionalidade.

Na consideração do espírito universitário, trata-se de primar pela (a) articulação das várias unidades de ensino da Universidade de forma tal que propicia certa interação acadêmica e científica das faculdades; (b) manutenção do caráter universitário da reflexão, em sua destinação crítica e questionadora; (c) ênfase no espírito criativo – no fazer e no pensar –, cujo benefício mais imediato é uma percepção não-fragmentada dos saberes e das práticas humanas.

Quanto à confessionalidade, o NFC é um dos segmento que articula a identidade confessional da Metodista, expressa na sua Missão Institucional. Essa missão se concretiza por meio da coordenação e atuação dos temas Filosofia e Eletivas de Formação Cidadã, presentes em todos os projetos pedagógicos dos cursos vigentes na Universidade.

Ao implantar o Núcleo, a Metodista garante seus princípios fundamentais de confessionalidade e autonomia, realçando o seu compromisso com o contexto social e cultural em que está inserida. Assume o compromisso de respeito à pluralidade de pensamento e autonomia das ciências, nas ações em busca do sentido da vida e do direito dos/as excluídos/as a uma vida digna de paz, solidariedade e justiça.

A formação do/a cidadão/ã capaz de atuar em uma sociedade participativa coloca o compromisso institucional e a cidadania em permanente busca de realização da formação profissional preocupada com o crescimento pessoal, fundamentado no compromisso social. Assim o/a aluno/a é desafiado/a a construir um saber que permita olhar as incertezas e desafios do mundo atual com lucidez e com a possibilidade de apresentar soluções criativas e responsáveis.

Portanto, a proposta do Núcleo de Formação Cidadã é de abertura para o diálogo multicultural, para a prática ecumênica e para o pleno exercício da cidadania, pautado por uma ética de práticas e vivências onde a dignidade humana possa se respeitada e valorizada.

 

1. Os temas

O Núcleo coordena o desenvolvimento de duas categorias de temas, com ênfase na formação cidadã do corpo discente, oferecidos em todos os Cursos de Graduação da Metodista, quais sejam: (1) Filosofia e (2) Eletivas de Formação Cidadã (I e II). As Eletivas de Formação Cidadã apresentam-se em duas modalidades que são relativas a Ética e Cidadania e a Eletivas de Cidadania. Estas áreas centram-se em três aspectos fundamentais, a saber: (a) na criticidade do conhecimento, (b) na perspectiva ética do tratamento de questões pertinentes à cidadania, nos níveis teórico e prático, (c) na conexão entre os saberes distintos e a prática.

No contexto e no percurso de formação cidadã, o tema Filosofia ocupa-se mais do primeiro aspecto; o segundo e o terceiro aspectos são os focos e enfoques das Eletivas de Formação Cidadã ( I e II).

 

2. Distribuição dos temas nas matrizes curriculares e funcionamento

São temas de formação cidadã:

  1. Filosofia
  2. Eletivas de Formação Cidadã I
  3. Eletivas de Formação Cidadã II

A inserção destes temas na organização das matrizes curriculares dos Cursos de Graduação dá-se da seguinte maneira:

 

Cursos cuja integralização regular tem duração de 3000 horas ou mais:

1º semestre - Filosofia 2º semestre - Eletivas de Formação Cidadã I 3º semestre - Eletivas de Formação Cidadã II

Cursos cuja integralização regular tem duração menor que 3000 horas:

1º semestre - Filosofia 2º semestre – Eletivas de Formação Cidadã

Conforme o Projeto Pedagógico do respectivo curso, e mediante aprovação do Núcleo de Formação Cidadã, os temas podem ser inseridos em semestres distintos dos acima indicados, respeitando-se sua presença no início do curso e a anterioridade da Filosofia em relação às Eletivas de Formação Cidadã. Nos cursos realizados na modalidade a distância, aspectos operacionais impedem a prática eletiva ampla de modo que, nestes cursos, a Ética e Cidadania substitui a Eletiva de Formação Cidadã I, e conforme a carga horária do respectivo curso, inclui-se ainda um outro tema sob a denominação de Formação Cidadã.

Assim como a Filosofia, as Eletivas de Formação Cidadã são de cumprimento obrigatório. As Eletivas de Formação Cidadã I desdobram-se em duas modalidades: (a) Ética e Cidadania e (b) Eletivas de Cidadania. Nesta última categoria (modalidade "b"), os temas diversificam-se por Eixos, Áreas e Temáticas, de forma correlata ou idêntica às Eletivas de Formação Cidadã II. As Eletivas de Cidadania constituem-se em um amplo leque de opções disponibilizadas aos discentes. As temáticas, objeto de escolha pelos discentes, variam a cada semestre letivo, conforme propostas apresentadas pelo corpo docente do NFC ou por sua coordenação.

Nas matrizes curriculares dos cursos com duração de inferior a 3000 horas, a Filosofia é inserida no primeiro semestre, e as Eletivas de Formação Cidadã no segundo semestre.

As Eletivas de Formação Cidadã I (modalidade "b"), e Eletivas de Formação Cidadã II, em suas feições diversificadas, estão assim constituídas:

Eixo: Conhecimento compreensivoÁreas: Ciência e Sociedade; Religião e Cultura; Seminários temáticos interdisciplinares

Eixo: Estético-somáticoÁreas: Atividades Artístico-culturais; Expressão Corporal; Comunicação e Expressão

Eixo: Práticas interativasÁrea: Práticas Educativas

 

 

3. Ementário

 

Filosofia

Demarcação da interrogação filosófica, sua natureza, sua identificação e especificidade frente a outros discursos, seus modos de conhecimento e prática. Nestes termos, a Filosofia se apresenta como postura ou atitude existencial com sua conseqüente visão de mundo, concepção do humano e de práxis, evitando restringir-se ao problema cognitivo e epistemológico. Abordagem da Filosofia como atividade investigadora, crítica e criativa, bem como articuladora de saberes setorizados. Em função disso, chama-se atenção para os limites dos purismos científicos e dos metodologismos, que implicam em prejuízos advindos da separação e dissociação entre produção do conhecimento e existência humana. Enfatizam-se aspectos contemporâneos da Filosofia.

Eletivas de Formação Cidadã

 

Modalidade “a”: Ética e Cidadania

A Ética - entendida na sua perspectiva filosófica - deverá ser tratada em termos de sua fundamentação epistemológica e existencial, bem como de sua articulação com preocupações filosóficas, dentre outras, a antropológica, a cultural, a econômica, a política, a ontológica. A Cidadania, por sua vez, abordada e tratada em termos sempre inclusivos com a Ética, contemplará problemas concretos e pertinentes à discussão nos vários campos do saber e nas relações humanas em sociedade. Serão priorizadas as temáticas atinentes à realidade contemporânea. Direta ou indiretamente, suas atividades devem propiciar ao aluno/a o desenvolvimento de competências necessárias ao relacionamento comunitário e às práticas sociais.

 

Modalidade “b”:Eletivas de cidadania

As Eletivas de Cidadania privilegiam o trabalho interdisciplinar e transdisciplinar, através de integração de turmas que partilham temas, atividades e práticas. Direta ou indiretamente, suas atividades devem propiciar ao aluno/a o desenvolvimento de competências necessárias ao relacionamento comunitário e às práticas sociais. Tais atividades ocorrem, em função de três eixos de formação cidadã definidos, e de suas respectivas áreas, conforme descritos a seguir:

  1. Eixo Estético-somático: relativo ao desenvolvimento da sensibilidade do aluno – preocupa-se com a expressão pessoal (oral, corporal, escrita), com a comunicação, integração corporal e relacionamento humano.
  2. Eixo de Conhecimento Compreensivo– tem o propósito de ampliar a compreensão do aluno, ao tratá-lo como parte da cultura e de um complexo cognitivo, existencial, cultural, sócio-histórico, econômico-político.

c) Eixo de Práticas Interativas– objetiva integrar o corpo discente no fazer reflexivo, na execução de projetos teórico-práticos comuns; atenuar as dicotomias entre teoria e prática, bem como entre a universidade e a cidadania.

 

 

ÁREAS E EIXOS

Eixo:

ESTÉTICO/SOMÁTICO

 

Áreas:

Atividades artístico -culturais

Arte e cultura são meios utilizados para o exercício da cidadania. Através da criação e da experimentação artística, são estimulados os processos formativos desenvolvidos na convivência humana, no trabalho, nas instituições educacionais, nos movimentos sociais e organizações da sociedade e nas manifestações culturais diversas. São trabalhados os seguintes focos principais:música, artes visuais, cênicas e expressão literária.

 

Comunicação e expressão

Visa proporcionar aos discentes a oportunidade de apreender a noção de linguagem, permitindo-lhes sistematizar e expressar conhecimentos de formas variadas e não-tradicionais. Trabalha diversas linguagens presentes no mundo contemporâneo, dentre as quais os meios de comunicação de massa, a imprensa escrita, a publicidade. Acentua a necessidade de desenvolver a competência do leitor-intérprete, para o aprimoramento do pensar, do ser crítico, bem como para o desenvolvimento das ciências, das artes e da tecnologia.

 

Expressão corporal

Esta área constitui-se como espaço de reflexão e experimentação de diversas formas de expressão dos corpos na sociedade contemporânea. Os movimentos, os gestos, as posturas praticadas ou impostas aos corpos são objeto de análise e alvo de criação. É enfatizado este aspecto criativo da área, que permite a criação e a expressão corporal em níveis e formas mais variados.

 

Eixo:

CONHECIMENTO/COMPREENSIVO

 

Religião e cultura

Esta área propõe-se a demonstrar a atualidade do universo religioso e ajudar a compreendê-lo estruturalmente, proporcionando reflexões sobre a “ecocidadania” e a ética, à luz de elementos da tradição espiritual cristã. Estará em foco a importância da compreensão dos fenômenos religiosos para a interpretação dos problemas locais e globais de nossa época, com vistas a proporcionar elementos da espiritualidade e da teologia cristãs para a reflexão sobre a solidariedade e a ecocidadania.

 

Seminários temáticos interdisciplinares

A área oferece temáticas que estimulam o desenvolvimento do espírito universitário do discente, através dos recursos inter, trans ou multidisciplinares. Os Seminários Temáticos Interdisciplinares deverão acentuar a perspectiva humana da formação em sua articulação com diversos aspectos teóricos. Objetivam atender às exigências de uma formação de sólido conhecimento científico, filosófico, social, cultural, dificultando a fragmentação dos saberes. Possibilita aos estudantes a ocasião de refletir de maneira significativa sobre o sentido de suas atividades acadêmicas e profissionais.

 

Ciência e sociedade

Esta área abrirá espaço para discussões pontuais, de enfoque interdisciplinar, sobre a relação entre ciência e sociedade, examinando situações, teorias, projetos e atividades em andamento, nas mais diversas áreas da ciência; em resposta a este movimento, poder-se-á elaborar propostas de soluções práticas referentes aos avanços científicos e às contradições da sociedade brasileira contemporânea.

 

Eixo:

PRÁTICAS/INTERATIVAS

Práticas educativas

A presente área visa envolver o corpo discente em projetos junto à comunidade universitária e à circunvizinhança da universidade. São desenvolvidos dois tipos de projetos: "A" e "B". O Projeto "B" inicia os alunos na prática de elaboração de projetos educativos variados, ajudando-os a visualizar suas implicações e a dimensionar melhor suas exigências concretas. O Projeto "A" (adoção) deverá levar os alunos à aplicação de projetos "B" que eles próprios elaboraram ou ao engajamento em projetos elaborados por outros grupos. São características dos projetos a inserção regional, integração e a multidisciplinariedade.

Comunicar erros