Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Handebol / Masculino / Notícias / Metodista faz segundo jogo da final do Paulista de Handebol precisando reverter vantagem do Taubaté

Metodista faz segundo jogo da final do Paulista de Handebol precisando reverter vantagem do Taubaté

Com melhor campanha geral, equipe são-bernardense precisa de uma vitória por pelo menos dois gols de diferença, após placar de 24 a 22 para time do Vale do Paraíba

16/10/2015 14h37

Para o capitão da Metodista, Diogo Hubner, decisão do Paulista ainda está aberta - Foto: Anderson Rodrigues

Na primeira partida da final do Campeonato Paulista de Handebol Masculino entre Metodista/São Bernardo/Besni e Taubaté, o time do Vale do Paraíba saiu na frente. Jogando em casa, no ginásio do Emecal, os taubateanos venceram por 24 a 22 (13 a 13 no primeiro tempo), na noite desta quinta-feira (15). O segundo jogo será neste sábado (17), às 16h, no ginásio Vitório Zanon (Baetão), em São Bernardo do Campo.

O resultado coloca o Taubaté em vantagem para o duelo decisivo, sendo favorecido com uma vitória simples, um empate ou uma derrota por um gol. A Metodista agora tem a responsabilidade de tirar a diferença, mas a situação da equipe do ABC não é impossível. Por ter terminado a fase classificatória em primeiro lugar, será necessário uma vitória também por pelo menos dois gols, já que a melhor campanha dá o direito de jogar por dois resultados iguais, além de disputar a partida decisiva em casa.

Com relação ao encontro desta quinta, o placar final representa o andamento do jogo, que foi equilibrado. A Metodista ficou na frente no placar a maior parte do primeiro tempo, com o Taubaté empatando já no final do período. Na segunda etapa, os donos da casa entraram melhores e chegaram a abrir quatro gols de diferença, que o clube são-bernardense diminuiu para um já nos últimos minutos e ainda teve a chance de empatar no minuto final, na última ofensiva do time, frustrada pela defesa do goleiro Maik, que, por sua vez, ajudou a ligar rapidamente o contra-ataque dos anfitriões, que resultou em mais um gol, concluindo o confronto com os dois gols de diferença.

Para o capitão da Metodista, o central Diogo Hubner, o resultado naturalmente não foi satisfatório, mas ele não considerou totalmente ruim. “É claro que nunca é bom perder, principalmente no primeiro jogo de uma disputa de título. Mas a nossa desvantagem (para o segundo jogo) não é tão grande, é uma situação reversível. Fizemos um bom jogo, tivemos boas chances e acredito que podemos fazer mais nesta decisão”, disse.

O técnico do clube de São Bernardo, José Ronaldo, o SB, também aponta uma expectativa positiva para o encontro decisivo. “O que aconteceu nesta primeira partida é coisa de jogo. As duas equipes estavam bem e fizeram seus papeis. Tanto nós como eles tivemos grandes oportunidades, a história poderia ser diferente se tivéssemos acertado o último ataque, mas não o fizemos e eles fizeram. Portanto, as mesmas chances permanecem para o segundo jogo. Sabemos que não será fácil, pois o Taubaté tem um plantel forte, mas estamos muito focados e temos força para fazer outra boa partida.”

Confira o vídeo com o capitão Diogo Hubner e o goleiro Leandro Dias chamando a torcida para a final do Paulista de Handebol Masculino:


Ainda antes da decisão do título Paulista, às 14h, também no Baetão, terá a disputa do terceiro lugar entre São José dos Campos e Esporte Clube Pinheiros.

Finais do Campeonato Paulista de Handebol Masculino

Instituto Buzzo Sports/São José dos Campos X E. C. Pinheiros (disputa do terceiro lugar)
Quando: 17/10/2015 (sábado), às 14h

Metodista/São Bernardo/Besni X Taubaté (decisão do título)
Quando: 17/10/2015 (sábado), às 16h
Onde: ginásio Vitório Zanon (Baetão) – Av. Armando Ítalo Setti, s/nº, Baeta Neves, São Bernardo do Campo. (os dois jogos)

Entrada gratuita

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
EQUIPE FEMININA
EQUIPE MASCULINA