Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Centro de Sustentabilidade / Notícias / Professora Waverli Neuberger representa a Metodista no lançamento da Rede ODS Universidades Brasil

Professora Waverli Neuberger representa a Metodista no lançamento da Rede ODS Universidades Brasil

Instituições participantes assinaram o termo de criação da Rede em Brasília

13/06/2017 12h40 - última modificação 09/08/2017 15h39

Foto: Alessandra de Almeida/PNUD Brasil

Acabar com a pobreza e com a fome, alcançar a igualdade de gênero, reduzir a desigualdade e assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis são apenas alguns dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) adotados em 2015 pelos 193 estados-membros da Organização das Nações Unidas (ONU). Agora, Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras estão se unindo para criar espaços de discussão e construção para alcançar essas metas.

No dia 7 de junho foi lançada a Rede ODS Universidades Brasil, uma iniciativa pioneira que visa promover os ODS dentro do espaço acadêmico. A Rede integra seis IES, com apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil (PNUD) e a Universidade Metodista de São Paulo é uma das participantes e integrantes do Comitê Gestor. O evento aconteceu na Casa da ONU em Brasília e a coordenadora do Centro de Sustentabilidade e do curso de Gestão Ambiental, Waverli Maia Matarazzo Neuberger, foi a representante da Metodista e responsável pelo discurso de apresentação do Comitê.

O evento contou com a participação de representantes de outras universidades interessadas no projeto, além da Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (ABRUC), da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) e da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

“Vários setores importantes participaram como secretário de mobilização nacional, que é do gabinete da Presidência, e é a pessoa responsável por todas as aplicações dos ODS no País, dois representantes da presidência, representantes do Ministério da Educação (MEC) e um dos secretários do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações que é responsável pelas políticas de pesquisa do Governo e dos institutos de pesquisa, que afirmou que todos os institutos de pesquisa vão fazer parte da Rede”, conta Waverli.

Pioneirismo

Todas as nações signatárias estão realizando ações para que os ODS se tornem realidade, e o Brasil é um dos países mais representativos neste processo. “Essa é a primeira Rede ODS Universidade no mundo. Apesar de termos esse problema de autoestima no Brasil, estamos bem adiantados na aplicação das ODS, até mesmo dentro das empresas e no próprio Governo Federal”, explica.

“Tive uma reunião do PRME (Principles for Responsible Management Education) em Foz do Iguaçu no mês passado e o primeiro homem da ONU da Argentina ficou muito interessado na Rede e já pensa em aplicar também por lá”. Waverli ressalta que a Rede é importante para criar um vínculo entre as universidades e demais segmentos da sociedade.

“Se conseguirmos formalizar esse vínculo, vamos criar um espaço de práticas, compartilhar experiências, criar grupos de pesquisas entre as universidades para aprimorar as tecnologias necessárias para implementação dos ODS, porque tem muito chão para frente. É para isso que nasce a Rede”, diz.

Próximas ações

Para os próximos seis meses, foi traçado um plano de trabalho para a expansão, divulgação e consolidação da Rede. As universidades interessadas já podem acessar o termo de adesão e estão planejando trabalho mais forte com associações e IES, oferecendo eventos de formação para integração junto à sociedade.

Na Metodista, os professores já estão incluindo os ODS em seus cursos e o Atualiza, programa de capacitação de docentes, oferecerá um workshop para os interessados, mas as ações vão muito além e integrarão as metas de desenvolvimento sustentável de forma profunda dentro da Universidade nos setores administrativos e acadêmicos.

Conheça o site da Rede ODS Universidades.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , , , , , , , ,
TRABALHOS E CONGRESSOS