Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Sociedade & Meio Ambiente / Atividade física para garantir a saúde e o bem-estar

Atividade física para garantir a saúde e o bem-estar

Prevenção e tratamento de doenças através da prática de exercícios

22/10/2015 23h07

Caio Ferreira, professor e faixa preta de karate. Foto: Sarah Tartarini

Sarah Tartarini

O sedentarismo é um hábito que se tornou comum e preocupante nos dias atuais. Segundo pesquisas da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), 70% da população brasileira é sedentária, mais do que a obesidade, a hipertensão, o tabagismo, o diabetes e o colesterol alto. Ter uma vida sedentária pode causar riscos sérios e irreversíveis, além de ser responsabilizada por 54% do risco de morte por infarto e por 50% do risco de morte por derrame cerebral, as principais causas de óbito no país.

A prática regular de exercícios físicos tem benefícios para a saúde e o bem-estar. Com relação à saúde física, nota-se perda de peso e gordura corporal, redução da pressão arterial, melhora da diabetes, diminuição do colesterol total e aumento do HDL-colesterol (o colesterol bom), entre outros, sendo que esses benefícios ajudam na precaução e no controle de muitas doenças, além de diminuir a mortalidade associada a elas. Já na saúde mental e no bem-estar, regula as substâncias relacionadas ao sistema nervoso, melhora o fluxo sanguíneo para o cérebro, auxilia no estresse e na depressão e recupera a autoestima.

Segundo o Colégio Americano de Medicina Esportiva e a Associação Americana do Coração, para deixar o sedentarismo de lado é preciso realizar pelo menos 30 minutos de exercício aeróbio contínuo ou acumulado (3 x de 10 minutos ou 2 x 15 minutos) por dia, cinco vezes por semana.

Os exercícios recomendados são os que movimentem grande parte dos grupos musculares, como caminhada, corrida, ciclismo, natação, dançar, pular corda, subir e descer escada e atividades domésticas (lavar roupa/louça, varrer a casa, etc, desde que atinja os 30 minutos contínuos ou acumulados), podendo mesclar as atividades. Lembrando que a intensidade da atividade deve ser moderada, ou seja, confortável.

“A prática de esportes, principalmente quando iniciada na fase da infância, traz benefícios não apenas para a saúde, mas melhora também a qualidade de vida do indivíduo. A quebra da rotina diária faz com que a pessoa se sinta melhor e seja menos afetada pelo stress do dia a dia”, afirma o professor e faixa preta de karatê e estudante do segundo ano de Educação Física, Caio Ferreira.

Quando se elimina o sedentarismo, é possível aumentar a qualidade de vida, melhorar a saúde, prevenir doenças. No Brasil, essa prevenção evitaria 260 mil mortes por ano de câncer e doenças coronárias crônicas, segundo dados da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde.

Comunicar erros