Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Notícias / 2013 / A ameaça ao meio ambiente no dia a dia da sociedade

A ameaça ao meio ambiente no dia a dia da sociedade

Os danos estão cada vez maiores, gerando risco a gerações futuras

12/09/2011 17h23 - última modificação 08/08/2014 13h25

 

Aline Henriques
Luiza Guerra
Gabriel Gonzaga

Atualmente a sociedade e as organizações começaram a enxergar o meio ambiente com um olhar diferente, pois chegamos em uma situação preocupante, onde para a sobrevivência do planeta e das gerações futuras são necessárias mudanças drásticas. O meio ambiente é responsável por proporcionar à nação as necessidades básicas para sobrevivência, pois oferece tudo o que realmente é preciso para um ser vivo se alimentar, respirar e beber. Mas infelizmente a poluição e o desmatamento estão cada vez maiores, prejudicando o futuro das espécies.

O mau uso dos recursos naturais ao longo dos anos passou a ser uma ação frequente das grandes empresas e da população. Como um exemplo podemos citar a queima de combustíveis fosseis, que hoje é o principal agente causador do aquecimento global. Devido a essa queima, o CO2 é liberado e absorvido pelos oceanos, que estão sendo cada vez mais prejudicados, se tornando mais ácidos e sofrendo aumento de temperatura,  prejudicando a sobrevivência de peixes, corais, de toda a espécie marinha e também da população, pois cerca de 1 bilhão de pessoas dependem deles para alimentação e sobrevivência.

O aquecimento global é o grande responsável pelas mudanças climáticas, que a cada dia se tornam mais intensas, como por exemplo, invernos mais quentes que o comum e verões mais frios. Isso é comprovado por estudos feitos em Estocolmo na Suécia, por cientistas que analisaram o derretimento das calotas polares, que com a perda da massa de gelo proporcionam um aumento do nível do oceano assustador.

“Desde que o IPCC lançou o seu último grande relatório, em 2007, a perda de massas de gelo terrestre e o aumento do nível dos oceanos se acelerou de forma dramática, principalmente no verão Ártico, pois a perda de gelo é maior do que a projetada anteriormente. Concluiu-se também que a última década foi a mais quente desde 1850,” afirma Samantha Smith, líder da Iniciativa Global de Clima e Energia da rede WWF.

Além dos exemplos citados acima, o meio ambiente sofre por inúmeras outras formas de agressão, proporcionadas por grandes empresas, mas a população ainda tem dificuldade de enxergar e de relacionar que os problemas ambientais estão ligados também às ações do dia a dia. Práticas sustentáveis são necessárias no ambiente domiciliar, de trabalho e também escolar. A população brasileira se preocupa com o desmatamento da Floresta Amazônica, mas esquece da mesma preocupação na hora de comprar móveis e outros artigos derivados da madeira.

A falta de informação e de recursos tornam as práticas sustentáveis cada vez mais difíceis. São poucas as pessoas que fazem a separação do lixo em suas residências, devido ao fato de o governo não oferecer coleta de lixo em todos os bairros e também pela falta de instrução.

Pensar no meio ambiente é pensar em sua própria vida, em viver com qualidade, com saúde e com segurança e respeitar o meio é saber viver de forma correta, valorizando o próximo e a si mesmo, pois ele é a base para a sobrevivência da população.

Os danos ao meio ambiente não são apenas um transtorno passageiro, são ameaças constantes, capazes de alterar negativamente a vida da população e o ecossistema.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: