Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Ciências da Religião / Estrutura do Programa / Planos de ensino - 1º semestre de 2014 / Práticas pastorais contemporâneas

Práticas pastorais contemporâneas

Universidade Metodista de São Paulo
Faculdade de Humanidades e Direito
Curso de Pós-Graduação em Ciências da Religião

Disciplina: Práticas Pastorais Contemporâneas
Docente: Prof. Dr. Nicanor Lopes
Primeiro Semestre de 2014.


I – Ementa:

A disciplina propõe examinar, em perspectiva inter e transdisciplinar, práticas pastorais contemporâneas. Estuda fatores culturais, antropológicos e psicossociais que interagem com essas práticas e analisa os elementos teológicos que lhes correspondam ou são pressupostos.

II – OBJETIVOS

1. Estudar conceitos de práticas pastorais no contexto Latino- americano a partir de perspectivas: culturais, antropológicas e psicossociais. Examinar pressupostos teóricos das práticas pastorais e das práxis religiosas na sociedade contemporânea.

2. Identificar as práticas pastorais contemporâneas e seu caráter inter e transdisciplinar; analisando a passagem de uma prática pastoral de manutenção para uma nova estrutura de ações pastorais em uma sociedade marcada pelo processo da modernidade.

3. Refletir sobre os fatores culturais, antropológicos e psicossociais que interagem com as práticas contemporâneas, ressignificando e discutindo as práticas pastorais no contexto de uma sociedade globalizada.

4. Analisar os elementos teológicos que correspondam ou são pressupostos das práticas pastorais contemporâneas, possibilitando também entender quais são as esferas de atuação do agente pastoral.

5. Identificar as influências das práticas religiosas na sociedade através dos recursos oferecidos pela mídia como veículo de formação de opiniões e facilitador do trânsito religioso.

6. Estabelecer chaves de leituras de metodologia pastoral e das ciências sociais, para entender as diferentes práticas pastorais contemporâneas como expressão sociológica de serviço e comunhão.


III – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

O conteúdo programático será apresentado no decorrer do semestre em quatro partes a saber:

Primeira Parte: O Estudo de conceitos epistemológicos e histórico da teologia pastoral, teologia prática, ministério, pastorado, ação pastoral, pastoral e práxis religiosa em diversos contextos e sua relação com a religião.

Segunda Parte: Compreensão da espiritualidade da pastoral litúrgica, profética, serviço e comunhão das práticas pastorais contemporâneas como processo em ação na sociedade num contexto de transformação da cultura, do campo religioso e sua inter e transdisciplinaridade.

Terceira Parte: Passos de construção metodológica na elaboração de uma ação pastoral refletida a partir de uma metodologia participativa. Estudo de referenciais teóricos críticos de diferentes paradigmas de práticas pastorais contemporâneas e sua relação com os procedimentos metodológicos.

Quarta Parte: O estudo das diferentes práticas pastorais contemporâneas. Perspectivas de ação pastoral no âmbito da sociedade hoje: construção do tecido social numa sociedade inculturada. A pastoral como processo de comunicação e a sensibilidade ecumênica numa sociedade marcada pelo pluralismo religioso. Presença da prática pastoral na cultura e na sociedade.

IV – ESTRATÉGIAS DE ENSINO

A metodologia de ensino constará de:

Exposição do professor;
Exposição de convidados que possibilite a reflexão e aprofundamento de temas relacionados à disciplina;
Seminários preparados e apresentados pelos estudantes, que possibilitem a imersão no conteúdo da disciplina e na pesquisa;
Discussão e participação dos estudantes em classe;
Pesquisa de campo e/ou bibliográfica com resultados apresentados em classe.

V – AVALIAÇÃO

  • A avaliação da disciplina, como um processo contínuo se dará através da:
  • Verificação da presença e participação dos alunos nos temas tratados em sala de aula.
  • Realização das leituras indicadas com apresentação de resenha crítica;
  • Preparação e apresentação de seminários a partir do universo da disciplina.
  • Entrega de um trabalho acadêmico, ao final do semestre, de 12 a 15 laudas A4, como resultado de pesquisa, reflexão e criatividade.


VI – BIBLIOGRAFIA

BALBINOT, R. Ação Pedagógica entre verticalismo pedagógico e práxis dialógica. São Paulo: Paulinas, 2006.

____________. E. Metodologia Pastoral. São Paulo: Paulinas, 2006.

BATISTA, Israel (org.), Desafios Eclesiais e missionários da cooperação: Diálogo entre as igrejas da Europa e da América Latina, São Leopoldo: Sinodal, 2007.

BITTENCOURT FILHO, J. Matriz Religiosa Brasileira: religiosidade e mudança social. Petrópolis: Vozes, RJ: Koinonia, 2003.

BOFF, C. Teoria do Método Teológico. Petrópolis: Vozes, 1998.

BONINO, J. M. Rostos do Protestantismo Latino-americano. São Leopoldo: Sinodal/ EST,2003.

BRINGHENTI, A. A Pastoral dá o que Pensar: A Inteligência da Prática Transformadora da Fé. São Paulo: Paulinas – Siquem, 2006.

____________. Reconstruindo a Esperança: como planejar a ação da Igreja em tempos de mudança. São Paulo: Paulus, 2000.

CARTER, James E. & TRULL, Joe E. Ética Ministerial: Guia para a formação moral de líderes cristãos. São Paulo: Vida Nova, 2010.

COMBLIN, J. Teologia da Cidade. São Paulo: Paulinas, 1991.
___________. Cristãos Rumo ao Século XXI. São Paulo: Paulus, 1996.
___________. Vocação para a Liberdade. São Paulo: Paulus, 1998.

CHIQUETE, D. e ORELLANA, E. (eds.) Voces del Pentecostalismo

Latinoamericano: Identidad, teologia e história. Concepción – Chile: Red – CETELA, 2003.

DELLA PERGOLA, G. Viver a Cidade. Orientações sobre Problemas Urbanos. São Paulo: Paulinas, 2000.

DURKHEIM, É. As Formas Elementares de Vida Religiosa. São Paulo: Paulus, 1989.

FEATHERSTONE, M. O Desmanche da Cultura. Globalização, Pós- Modernismo Identidade. São Paulo: Studio Nobel, 1997.

FLORISTAN, C. Teologia Practica: Teoria Y Práxis de la Accion Pastoral. Salamanca: Sigueme, 1993.

______________. Conceptos Fundamentales de Pastoral. Madrid: Cristiandad, 1983.

FUENTES, S. V. Espiritualidade Pastoral. São Paulo: Paulinas, 2008.

GROOME, T. Educação Religiosa Cristã. São Paulo: Paulinas, 1985.

LIBANIO, J. B. As Lógicas da Cidade o impacto sobre a fé e sob o impacto da fé. São Paulo: Loyola, 2001.

LIMA VAZ, C. H. Ética e Cultura. São Paulo: Loyola, 2004.

MO SUNG, J. Deus numa Economia Sem Coração. Pobreza e Neoliberalismo: um desafio à evangelização. São Paulo: Paulus, 1992.

POIRIER, Alfred, O Pastor Pacificador: Um guia Bíblico para a solução de conflitos na Igreja. São Paulo: Vida Nova, 2011

ROMEIRO, P. Decepcionados com a graça: esperanças e frustrações no Brasil neopentecostal. São Paulo: Mundo Cristão, 2005.

TAMAYO-ACOSTA, J. J. Nuevo Paradigma Teológico. Madrid: Ed. Trotta, 2003.
________________e BOSCH, J. (eds) Panorama de la Teologia

Latinoamericana. Navarra: Verbo Divino, 2002.
SILVA, G. J. (org.) Itinerário para uma pastoral Urbana. São Bernardo do Campo: Fateo – Metodista, 2008.

___________. Educação Teológica e Pietismo. Influência da Educação Teológica na formação pastoral 1930 a 1980. S.B. Campo: Editeo – Metodista, 2010.

____________. “Processo de Globalização e a missão – Implicações bíblico-teológicas e pastorais” In Culturas e Cristianismo. São Paulo: Loyola, 1999.

____________. “Idéias fundamentais para o estudo da teologia prática: uma abordagem a partir da questão do método”. In Estudos de Religião 21, 2001.

VÁZQUEZ, A. S. Filosofia da Práxis. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

Obs. A bibliografia será ampliada no decorrer do semestre.

São Bernardo do Campo, Novembro de 2013.
Prof. Nicanor Lopes

Comunicar erros

SOBRE O PROGRAMA