Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Comunicação / Estrutura do Programa / Plano de Ensino / 1º semestre de 2016 / Comunicação e consumo: uma abordagem multidisciplinar

Comunicação e consumo: uma abordagem multidisciplinar

Prof. Dr. Daniel Galindo

UMESP - FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
PósCom - CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO SOCIAL

Prof. Dr. Daniel Galindo
Linha de pesquisa: Comunicação mercadológica e institucional

Disciplina oferecida no 1º semestre de 2016: COMUNICAÇÃO & CONSUMO: UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR.

Ementa: O ato de consumir como forma de significação e diferenciação, o lúdico como fator de envolvimento e resposta a necessidade de gratificação simbólica. O marketing da experimentação e da emoção e sua reverberação nos meios de comunicação e no cotidiano do consumidor. A articulação do discurso persuasivo integrando as diversas competências comunicacionais, disponibilizados em suportes convencionais e não convencionais, contudo patrocinados por marcas e produtos que assumem aspectos emocionais, afetivos e até mesmo religiosos. O olhar multidisciplinar sobre estes fenômenos e o reconhecimento do consumidor/cidadão.

Objetivos: Compreender o consumo não apenas como um fenômeno simbólico e cultural, mas essencialmente como uma forma de comunicação com a sociedade, uma linguagem coletiva que, em função do valor e da natureza do bem consumido constitui-se em um elemento de diferenciação e ordenamento cultural.

Analisar os reflexos do “hedonismo imaginário”, proposto por Colin Campbell e entendido como um exercício cotidiano de imaginação pelo qual se podem vivenciar sensações fantasiosas de prazer, reconhecendo a natureza do consumo, não pela aquisição de um bem material, mas pela procura do prazer imaginário constituído por experiências auto – ilusivas presentes na comunicação com o mercado.

Programa
Este programa divide-se em 03 blocos (de 05 aulas/encontros) cobrindo, portanto, as seguintes abordagens:

1º bloco - Uma abordagem multidisciplinar do fenômeno do consumo, a partir da contribuição crítica de John Lukács sobre a produção do consumo tornar-se mais importante que o consumo da produção. Evidenciando uma abordagem multidisciplinar do consumo, ou seja, a visão utilitária /econômica do consumo; a antropológica; a psicológica; a filosófica; a sociológica e a tecnológica (compreendida como facilitadora dos processos produtivos e comunicacionais do mercado).

2º bloco – O caráter multidisciplinar da Comunicação Integrada com o Mercado e a potencialidade das várias “ferramentas” que a compõe, vista aqui como competências comunicacionais. O compromisso da comunicação como suporte de conteúdos informativos e persuasivos que transferem e agregam aos bens e serviços o halo de significações fundamentais para a estruturação das marcas e das imagens corporativas percebidas pelos consumidores.

3º bloco – Evidenciar os fatores éticos e deontológicos do processo de comunicação com o mercado e o compromisso com o consumidor/cidadão, situando os anunciantes/emissores e a reverberação de seus discursos diante das práticas de governança, sustentabilidade, responsabilidade social e ambiental. Reconhecendo-se desta forma como uma marca cidadã.

Conteúdo programático

1- Apresentação do programa e das atividades de campo - Definindo mercado e consumo (uma abordagem multidisciplinar);
2- A sociedade afluente e os seus reflexos nas relações de troca;
3- O consumo da produção versus a produção do consumo;
4- O consumo como fator de diferenciação: o nascimento do marketing;
5- Consumo e prazer, a eterna busca pelo hedonismo;
6- A comunicação a serviço do mercado, a mediação: produtor / consumidor;
7- Comunicação integrada de marketing, conceitos e características;
8- O desgaste dos modelos vigentes; 
9- “ Branding” o início e o fim da diferenciação no mercado;
10- Estereótipos, arquétipos e a construção do afeto as marcas;
11- A sociedade pós-moderna e o consumo de imagens, um mundo de “logos”;
12- A ética vai além das imagens, as relações de trocas como consumidor/cidadão;
13- O consumidor e o prossumidor: a sustentabilidade ou a utopia de uma nova ordem econômica. 
14- Organizações, marcas e impressões da imagem corporativa;
15- Avaliação e fechamento da proposta final do curso

 

Estrutura do curso/ metodologia 
Aulas expositivas e interativas a partir de textos selecionados na bibliografia do curso.
Seminários e apresentações individuais sobre tópicos definidos no início do curso;
Elaboração de um “paper” abordando as atividades comunicacionais geradas e alimentadas pelas diversas políticas mercadológicas do anunciante, visando atender ao hedonismo propiciado pelo ato do consumo, reconhecendo a dimensão simbólica das mensagens persuasivas neste contexto de sociedade pós-moderna.


Bibliografia de Referência

Bloco 01 
BAUDRILLARD, Jean. A sociedade de consumo. Lisboa: edições 70, 1995
BAUMAN, Zygmunt. O mal estar da pós-modernidade. Rio de janeiro: Zahar, 1998
BAUMAN, Zygmunt. Vida para consumo. Rio de janeiro: Zahar, 2008;
CAMPBELL, Colin – A ética romântica do espírito do consumo moderno, Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2001;
CANCLINI, Nestor Garcia. Consumidores e cidadãos – conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: Editora URFJ, 1997;
GALBRAITH, John Kenneth – A sociedade afluente- São Paulo: Pioneira,1987;
LIPOVETSKY, Gilles. Os tempos Hipermodernos. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004.
MACGRACKEN, Grant, Cultura&Consumo. Rio de Janeiro: editora Mauad, 2003;
MATTELART, Armand, A Globalização da comunicação. Bauru, S.P: Edusc,2000.
ROCHA, Everardo, A sociedade do sonho, Comunicação, cultura e consumo. Rio de Janeiro: Editora Mauad, 1995;
SLATER, Don, Cultura do consumo &Modernidade, São Paulo: 2002;
TEJON, José Luiz et Al. Luxo for all: como atender aos sonhos e desejos da nova sociedade global, São Paulo: editora Gente, 2010.
TORRETA, André. Mergulho na base da pirâmide- uma nova oportunidade para sua empresa, São Paulo: Editora Saraiva, 2009;
VEBLEN Thorstein - A teoria da classe ociosa, São Paulo: editora Abril Cultural, 1988;


Bloco 02 
AL Ries, LAURA Ries - A queda da propaganda – Da mídia paga à mídia espontânea, São Paulo: Editora Campus 2003
AUSTIN, Mark, Jim Aitchison. Tem alguém aí? – As comunicações no século XXI. São Paulo: Nobel, 2006.
BELCH, George E.& Michel A. Belch- Propaganda& promoção: uma perspectiva da comunicação integrada de marketing -7th ed .São Paulo: McGraw-Hill, 2008.
CHETOTINE, Georges. O Blues do consumidor: por que seu cliente não está satisfeito. São Paulo: Financial Times – Prentice Hall, 2006.
GALINDO, Daniel Santos – A publicidade em busca de novas configurações. Revista Comunicação & Sociedade nº. 43 - São Bernardo do Campo: Universidade Metodista, 2005.
GALINDO, Daniel Santos - Comunicação mercadológica: uma visão multidisciplinar, São Bernardo do Campo: Editora Metodista, 2008.
GOBE, Marc. Emoção das marcas. Rio de Janeiro: Negócio, 2002
KIMMEL. Allan J. Marketing Communication – New approaches, Technologies, and Styles. New York: Oxford University Press, 2005.
MARTINS, José. A natureza emocional da marca: como escolher a imagem que fortalece sua marca. São Paulo: Negócio Editora, 1999.
JAFFE, Joseph. O declínio da mídia de massa. São Paulo: M. Books, 2008;
SCHIMITT, Bernd. Experimental marketing: how to get customers to sense, feel, think, act, and relate your company and brand. New York: The Free Press, 1999.
LINDSTROM, Martin. Brandsense: a marca multissensorial. Porto Alegre: Bookman, 2007.
RANDAZZO, Sal. A criação dos mitos na publicidade: como os publicitários usam o poder do mito e do simbolismo para criar marcas de sucesso. Tradução: Mario Fondelli. Rio de Janeiro. Rocco, 1996.
VESTEGAARD, Torben. A linguagem da propaganda. 2ª. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996.


Bloco 03
BLAZQUEZ, Niceto. Ética e meios de comunicação. São Paulo: Paulinas,1999.
KLEIN Naomi - Sem logo - a tirania das marcas em um planeta vendido - Rio de Janeiro: editora Record, 2002;
LIPOVETSKY, Gilles. A sociedade pós-moralista: o crepúsculo do dever e a ética indolor dos novos tempos democráticos. São Paulo: Manole, 2005.
SROUR, Robert Henry. Poder, cultura e ética nas organizações. 5ªed. Rio de Janeiro: Campus, 1998.
WEBER, Max. Ciência e política: duas vocações 4º ed.. São Paulo: Cultrix,1984.


Durante o curso serão utilizados textos de revistas especializadas, filmes e conteúdos disponibilizado na Web no sentido de complementar nossa abordagem sobre a temática proposta.

Comunicar erros

SOBRE O PROGRAMA