Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2007 / Novembro / Vídeo produzido por índios Xavantes com orientação de alunos da FACOM será apresentado na Unifesp

Vídeo produzido por índios Xavantes com orientação de alunos da FACOM será apresentado na Unifesp

26/11/2007 12h06 - última modificação 26/11/2007 17h07

Nesta segunda-feira (26 de novembro), às 19h30, o Anfiteatro Ivo Albertoni, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), vai sediar o lançamento do vídeo e da cartilha “Saúde e Alimentação do Povo Xavante”, fruto de um projeto criado pela Universidade Metodista de São Paulo, ONG Nossa Tribo, Aliança dos Povos do Roncador, Associação Xavante de Pimentel Barbosa, Aldeia Etenhiritipá e Unifesp. No evento, também será assinado um convênio que vai proporcionar assistência médica e nutricional a cerca de 650 índios xavantes no Mato Grosso.

O filme foi produzido pelos índios em duas línguas – xavante e português (os índios gravaram as falas em xavante e ajudaram na legenda em português) – sob a orientação dos alunos do Curso de Rádio e TV, que é ligado à Faculdade de Comunicação Multimídia (FACOM). As inscrições são gratuitas, não é necessário fazer reserva antecipada e o local tem lugar para 130 pessoas.

As gravações duraram um ano e meio e tiveram o objetivo de melhorar os hábitos alimentares da tribo Wederã (terra indígena de Pimentel Barbosa – MS), nas quais muitos indígenas registravam problemas advindos da má-nutrição. “Pensamos em como poderíamos irradiar esse trabalho a outras aldeias e procuramos a Faculdade de Comunicação e Multimídia da Metodista para ser nossa parceira na produção, gravação, e edição do vídeo educativo”, revelou Rosa Gauditano, diretora da ONG “Nossa Tribo”, que faz parte do projeto.

A mortalidade infantil da aldeia e de outras tribos indígenas é resultado da mudança de hábitos absorvida pelo contato com o homem branco e pela falta de políticas de amparo aos índios. “Eles passaram a comer grandes quantidades de arroz, sem saber o seu valor nutricional”, explica Rosa. “O vídeo resgata as raízes de hábitos alimentares saudáveis”.

Sob a orientação de alunos e professores da Metodista, os próprios índios registraram imagens da tribo para a produção do vídeo. “Seis índios se envolveram diretamente na produção, nas filmagens e na edição. “O cacique Cipasse gravou o off, junto à índia Andréa, que emprestou sua voz aos trechos que ser referem ao preparo e cuidado os alimentos”, revela o prof. Marcio Kowalski, produtor executivo do estúdio de Rádio e TV, da Metodista. No vídeo, os anciãos falam e orientam os mais jovens a cultivar alimentos esquecidos.

Além de orientações quanto à alimentação, as tribos também recebem dicas de como se prevenir diarréia, pneumonia, sarna e bicho-do-pé. Também haverá um debate sobre a saúde dos Xavantes com os caciques das tribos Wederã, Pimentel Barbosa e Etenhiritipá.

“Saúde e Alimentação do Povo Xavante”
Quando: 26 de novembro de 2007 (19h30)
Onde: Anfiteatro Ivo Albertoni da Universidade Federal de Medicina de São Paulo (Unifesp)
Endereço: Rua Borges Lagoa 1341, térreo - Vila Clementino –SP
Inscrições: gratuitas

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático
Portlet de conteudo estático