Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Publicações / Boletim / Boletim nº 11 / Transparência

Transparência

Denise Moura e Izabel Méo

O VII Seminário encerrou-se com a mesa Análise de indicadores para avaliação de serviços públicos prestados por instituições privadas: É possível o controle social? O debate foi mediado pelo professor representante da Cátedra, Joshua Imomiana, e contou com a presença do professor doutor da Universidade de Bologna, Emanuele Padovani. Também participaram do debate, Renato Cymbalista, representante do Instituto Polis, e Fernado Ortiz, em nome da Oficina Municipal.

O professor Padovani desenvolveu um projeto que visa administrar melhor o orçamento público na Itália. A iniciativa é baseada no controle de gastos públicos e na medição da performance dos municípios italianos. Emanuele, que é um especialista em sistema de controle de gestão, fez uma palestra totalmente voltada à administração financeira de recursos públicos.

Após ele fazer sua explanação o debate começou. Renato reafirmou a importância do conhecimento da população sobre os gastos públicos e da transparência da aplicação dos mesmos. Ela também traçou um paralelo entre a Lei de Responsabilidade Fiscal, que obriga a prestação de contas trimestralmente, e o projeto de Padovani. Ainda falando sobre a transparência, Renato afirma que algumas formas usadas para divulgar informações acabam as restringindo. É o caso da internet ou nos jornais. A maioria das pessoas ainda não têm acesso a esses veículos.

Comunicar erros