Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Publicações / Boletim / Boletim nº 10 / Abertura do Seminário renova a importância de trabalho integrado em torno do tema das cidades

Abertura do Seminário renova a importância de trabalho integrado em torno do tema das cidades

A Pastoral Universitária, representada por Natanael Garcia Marques, desejou boas vindas e leu dois textos para reflexão sobre a característica da vida urbana atual. Em seguida, Evânio Teles de Matos, componente no Núcleo de Artes encantou o público com seu pandeiro, sua voz e suas roupas tradicionais fazendo uma crítica ao governo brasileiro.

O vice-reitor Acadêmico, Clóvis Pinto de Castro, fez uma breve introdução sobre a Cátedra e o motivo da homenagem adotando o nome de Celso Daniel. O professor Clóvis citou o idealizador desta parceria da Metodista com a Universidade de Bolonha, Luiz Roberto Alves, que no momento faz algumas pesquisas na Europa.

Membro do Instituto Pólis, Agnaldo Silva, relatou suas experiências e tentativas de monitorar e subsidiar informações para atuação dos cidadãos em seus municípios. Parceiro da Cátedra Celso Daniel, o Pólis possui um Observatório dos Direitos do Cidadão. Para Agnaldo, o saldo geral do projeto é positivo, mas é necessário o investimento nessas políticas públicas.

José Mário Brasiliense Carneiro, diretor da Oficina Municipal, disse que no Seminário o principal desafio é o silêncio consigo mesmo. Segundo ele para escutar o que a cidade pede: “precisamos resgatar palavras que caem em lugar comum”. Ou seja, o governo tem que ser do consenso do bem comum, isso é a democracia.

Hiroyuki Minami compareceu como representante do prefeito de São Bernardo do Campo, William Dib. Sua função na Prefeitura é de secretário de Planejamento. Hiroyuki afirmou que a prefeitura está trabalhando na construção de uma nova gestão e que já está na fase de audiências públicas. Treze audiências públicas regionais já foram feitas. “O Plano Diretor será no final do mês de outubro”, declarou Minami.

(Laís Varella e Sabrina Bondança)

Comunicar erros