Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Notícias / UNISOL realiza Congresso de Economia Solidária

UNISOL realiza Congresso de Economia Solidária

06/07/09

06/07/2009 11h31

Os cooperados que participarão do 2º Congresso da Unisol Brasil estão na expectativa para encontrar outros parceiros e fechar negócios. O encontro, que terá abertura oficial nesta segunda-feira (06/07), às 19h, no Pampas Palace Hotel, em São Bernardo, discutirá estratégias para o fortalecimento dos empreendimentos da economia solidária.

A cooperativa Dinâmica Visual, de Santo André, de design e multimídia, é o único empreendimento em informática da Região que trabalha com economia solidária. Além de fazer cartões de visitas, folders, flyers, banners, os 15 cooperados também ministram cursos de Linux (sistema operacional). A secretária da cooperativa, Mirian Mendes Queiroz, disse estar ansiosa para conhecer outros empreendimentos que praticam economia solidária. “Queremos saber como andam as negociações em redes aqui no Brasil e como funcionam no exterior”, afirmou.

Todos os integrantes da cooperativa são jovens de 18 a 29 anos. Mirian contou que o interesse pela economia solidária surgiu em 2006. Nesta época, a Prefeitura do município ofereceu cursos sobre cooperativismo e cedeu espaço para o empreendimento de informática. Agora, o grupo não tem mais onde se reunir. No começo do ano, com a mudança de Administração, a cooperativa não conseguiu renovar o termo de concessão para usar o espaço. “Nós queremos um lugar porque precisamos discutir sobre a cooperativa”, justificou Mirian.

O projetista e diretor administrativo da Cooprofis (Cooperativa de Trabalho dos Profissionais Operacionais do Setor de Construção Civil), Esmael Almeida, também espera trocar experiências nesta segunda edição do congresso. “Fui no primeiro evento, conheci outras cooperativas e foi um grande aprendizado, pois vi que as dificuldades que temos são relativamente parecidas com as dos outros”, contou.

Na Cooprofis há 20 profissionais de diversas áreas como, por exemplo, eletricista, carpinteiro, pintor, pedreiro e outros. “Acredito que a nossa cooperativa acaba incentivando a formação de outras. Por isso é importante participar deste congresso.”

Já o coordenador da ferramentaria da Cooperativa Uniwidia (Cooperativa Industrial de Trabalhadores em Ferramentas e Metal Duro), Aziel Pereira da Silva, acredita que o congresso trará integração e fortalecimento das entidades. “Existem vários segmentos que se assemelham, principalmente no setor metalúrgico, e podemos trocar informações sobre tecnologia, além de conseguir comercializar”, afirmou.

Encontro reunirá 700 pessoas

O 2º Congresso Nacional da Unisol Brasil deverá reunir 700 participantes, representando 430 empreendimentos autogestionários de 22 Estados do País. São 25 mil trabalhadores envolvidos e um faturamento anual de R$ 1,3 bilhão. O congresso estabelecerá novas diretrizes para que a economia solidária e o cooperativismo se consolidem no País.

O evento terá a presença do secretário nacional de Economia Solidária, Paul Singer; do presidente do Sebrae nacional, Paulo Okamoto; do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho; do diretor-executivo da Fundação Banco do Brasil, Jorge Streit; do presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Sérgio Nobre; e de autoridades internacionais da Itália, Espanha, Holanda, entre outros.


Fonte: ABCD Maior

Comunicar erros