Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Notícias / SIPPI é marcado por abordagem de diversos temas

SIPPI é marcado por abordagem de diversos temas

25/05/2009 19h32

No 2º dia de apresentação do Seminário Internacional de Políticas Públicas Integradas os assuntos variaram de cooperação intergovernamental à educação indígena.

A pós-doutoranda Margarete Panerai analisou em seu artigo o E-gov e os novos rumos da participação popular. Margarete apresentou algumas bases de reflexão da implantação do e-gov, como política de expressão do compromisso social, e geradora de ações socialmente inovadoras de conhecimento.

Márcio Fernandes Maurício propôs uma reflexão sobre a relação entre políticas públicas e direitos sociais. Seu estudo mostrou que a política pública social tem como uma de suas principais funções a concretização de direitos de cidadania conquistados pela sociedade. Fernandes também debateu sobre o papel da rede intergovernamental do Programa Bolsa Família (PBF), que envolve a responsabilidade conjunta entre União, estados e municípios no combate à pobreza, bem como sobre sua legitimação como um direito de cidadania.

A necessidade de integração entre diversas políticas públicas e de articulação entre os atores políticos e sociais envolvidos no processo de desenvolvimento local/regional foi discutida por Adriana Marques Rossetto, Guillermo Alfredo Johnson e Carlos Ricardo Rossetto.

As políticas de educação indígena no estado de Roraima e as ambigüidades étnicas no meio urbano de Boa Vista foram apresentadas por Raimunda Maria Rodrigues Santos e Marília Gomes Ghizzi Godoy. As autoras fizeram um panorama sobre a criação da cidade de Boa Vista e uma análise dos trabalhos já publicados sobre os problemas enfrentados por indígenas nessa cidade.

Manuel Ribeiro Filho fez uma análise exploratória sobre as desigualdades raciais. O artigo teve a perspectiva de especular e explorar algumas hipóteses e circunstancias históricas que influenciam a arregimentação de valores de negação sobre temática da promoção da igualdade racial no interior das políticas públicas brasileiras.

O “Movimento Nossa São Paulo” foi retratado como uma nova dinâmica da sociedade civil para o enfrentamento da questão social. Em sua apresentação, Adriana Pevarello Bacci tem como finalidade mostrar as dinâmicas atuais da sociedade civil, de articulação e parcerias entre o Estado, as empresas e os expoentes da sociedade civil. Bacci utiliza como elemento de contraposição os estudos que evidenciam a dificuldade estrutural em romper com os padrões vigentes em função de questões históricas, sociais, políticas e culturais.

José Antonio de Lima Barboza e Lincoln Etchebéhère relataram a transformação de uma aldeia em Cidade das Artes, como símbolo da história ligada ao movimento religioso, cultural e às artes, projetando a cidade de Embu como sendo um monumento.

Márcia Barros Ferreira Rodrigues e Rodney Rocha Miranda mostraram a bem sucedida experiência de gestão integrada por meio da exposição e reflexão do programa SESP Itinerante no Espírito Santo. Apesar do pouco tempo de execução o programa já demonstra uma nova perspectiva em consonância com o paradigma da segurança cidadã.

A formação de redes sociais a partir da cooperação intergovernamental foi tema da abordagem de Roberto Gondo Macedo e Jarbas Thaunahy, dando fim ao 2° Seminário de Políticas Públicas Integradas.

Comunicar erros