Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Notícias / Professores apresentam trabalho sobre economia solidária

Professores apresentam trabalho sobre economia solidária

27/10/09

27/10/2009 13h16 - última modificação 27/10/2009 17h58

A Faculdade de Gestão e Serviços (FAGES) da Universidade Metodista de São Paulo realizará no dia 28 de outubro, auditório do campus Vergueiro, das 18h20 às 19h, a apresentação do Projeto de Extensão: Rede de gestão e serviços para uma comunidade solidária.

O evento contará com a apresentação do plano de ação aos professores/as e alunos/as, bem como transparecer os requisitos aos interessados em participar.

A FAGES, por meio de um projeto de extensão integrador e interdisciplinar, envolve seus diferentes cursos, estudantes, docentes e profissionais, em ações voltadas para gestão e serviços na busca de uma comunidade solidária. As direções que orientam as ações desse projeto são a economia e cultura da solidariedade, o fomento e organização de negócios e a formação humana e tecnológica.

O lócus de atuação e experiência é a comunidade "Montanhão", localizada no município de São Bernardo do Campo, região do Grande ABC Paulista. O acúmulo de ações da Universidade outrora desenvolvidas na comunidade auxilia o diagnóstico dentro de um campo interdisciplinar e cria parceria entre diversos agentes sociais e instituições comunitárias.

O projeto integrador "Rede de gestão e serviços para uma comunidade solidária" em seus eixos planeja ações coordenadas e articuladas em quatro fases no período de dois anos, são elas: Diagnóstico Interdisciplinar, Planejamento, Implantação e Monitoramento e avaliação. Na primeira fase o projeto de extensão monitora os processos de trabalho e constitui sistema de avaliação capaz de interpretar a qualidade das intervenções realizadas e induzir à continuidade da ação acadêmico-comunitária.

Busca-se também a formação contínua de educandos e educadores envolvidos e o acúmulo de massa crítica para a realização do desenvolvimento dos grupos sócio-comunitários. Para a Universidade espera-se a resignificação e a conceituação de experiências integradoras e baseadas por seus pilares que são validados no Projeto Político Pedagógico Institucional: sustentabilidade e bem-comum.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,