Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Notícias / Professor quebra paradigmas em seu novo livro

Professor quebra paradigmas em seu novo livro

14/05/2009 11h57 - última modificação 21/05/2009 12h20

Durante o lançamento do livro “Trabalho, Cultura e Bem-Comum (Leitura Crítica Internacional)”, na noite do último dia 4, o coordenador da Cátedra de Gestão de Cidades da Metodista e autor da obra, professor doutor Luiz Roberto Alves, falou para um auditório lotado sobre sua experiência na elaboração do livro e suas percepções a partir do material pesquisado e da nossa realidade perante a atual crise econômica mundial.

O evento contou com a participação do pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, professor doutor Paulo Bessa, que presidiu as apresentações, e a professora doutora, Magali do Nascimento Cunha, que fez uma breve síntese da obra para os alunos presentes. O Núcleo de Artes também colaborou com intervenção artística numa adaptação de um dos capítulos do livro.

O professor tomou como base documentos produzidos em congressos de importantes centrais sindicais de três países: Brasil, Itália e Alemanha. Em contraponto, também analisou discursos econômicos e filosóficos da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), organismo internacional que abriga os 30 países, que juntos, são responsáveis por mais da metade de toda a riqueza produzida no mundo e defendem a política de livre de mercado e o Neoliberalismo.

“A crise que vivemos hoje já vinha sendo apontada por especialistas, mas que eram abafadas pelo discurso da OCDE, que defende uma visão única do mundo, da ação neoliberal do mercado. Este estudo mostra que devemos procurar uma visão crítica contínua e uma nova análise das formas de trabalho”, explicou o professor Luiz Roberto.

Comunicar erros