Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Notícias / Fundação Konrad Adenauer e Oficina Municipal lançam livro sobre as eleições de 2008

Fundação Konrad Adenauer e Oficina Municipal lançam livro sobre as eleições de 2008

14/05/2009 11h57 - última modificação 21/05/2009 12h20

Em ano de Eleições Municipais o Centro de Estudos da Fundação Konrad Adenauer tem o costume de dedicar um dos números da série Cadernos Adenauer a análises sobre o processo eleitoral e sobre a situação das cidades brasileiras.

O livro Política Local e as eleições de 2008 será lançado na quarta-feira, 01 de outubro a partir das 18h30 na Livraria da Vila - R. Fradique Coutinho, 915 - São Paulo.

Neste número dos Cadernos Adenauer um seleto grupo de autores apresentam reflexões sobre a política local desde alguns pontos de vista que poderiam ser agrupados em três setores complementares.

O primeiro grupo é formado por prefeitos e ex-prefeitos que trazem questões práticas referentes aos municípios e seus desafios futuros: José Fogaça (Porto Alegre), Luiz Paulo Vellozo Lucas (Vitória) e Eduardo Cury (São José dos Campos).

O segundo reúne dirigentes de entidades representativas de prefeitos, vereadores e municípios com visões abrangentes e históricas sobre o fortalecimento dos governos locais nos estados e no país: Paulo Ziulkoski (Confederação Nacional de Municípios -CNM), Sebastião Misiara (União dos Vereadores do Estado de São Paulo - UVESP) e Dalva Christofoletti Paes da Silva (Associação Paulista de Municípios - APM).

Já o terceiro grupo é formado por cientistas e professores dedicados à política, ao planejamento e à gestão de cidades no Brasil e na Alemanha: Raimund Wimmer (Fundação Konrad Adenauer e Universidade Humbolt, Berlim), Vilmar Rocha (Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiânia), Raquel Rolnick (Pontifícia Universidade Católica de Campinas), Rubens Figueiredo (Centro de Estudos e Pesquisas e Comunicação - CEPAC, São Paulo), Humberto Dantas (Centro Universitário São Camilo, São Paulo) e José Mario Brasiliense Carneiro (Oficina Municipal, São Paulo).

Comunicar erros