Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Notícias / Fundação Criança ampara familiares de jovens desaparecidos

Fundação Criança ampara familiares de jovens desaparecidos

16/04/2010 21h48

A Fundação Criança, um dos parceiros da Cátedra Gestão de Cidades, promove desde 2006 o programa de Atendimento de Suporte Psicossocial para os familiares de crianças e adolescentes desaparecidos.

A entidade presta serviços de apoio psicológico, enfatizando as principais causas que podem ocorrer para justificar o desaparecimento de crianças e adolescentes, como: violência doméstica e sexual, mau relacionamento com a família, entre outros motivos.

O programa identifica as famílias por meio dos boletins de ocorrências gerados nas delegacias do município. A Prefeitura de São Bernardo do Campo registrou somente, neste mês, nove boletins de ocorrência com casos de desaparecimento de jovens na faixa etária entre 0 e 17 anos. De acordo com a Fundação Criança, a maior incidência é de meninas entre 13 e 16 anos.

Outra ação realizada pela Fundação em parceria com o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Secride) é o envelhecimento digitalmente das fotos dos desaparecidos. Este recurso é utilizado quando já passou anos do desaparecimento e é uma forma de poder reconhecer a pessoa com características mais velhas.

Quando é possível que as crianças e adolescentes reencontrem suas famílias e retornem ao convívio dos lares, a entidade faz um acompanhamento, avalia o motivo do desaparecimento e, se necessário, encaminha para programas de auxílio.

Comunicar erros