Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Gestão de cidades / Atividades / Seminários / Internacionais / V Seminário Internacional de Ética nos Negócios e Responsabilidade Global Universidade Metodista de São Paulo e Universidade Metodista de Piracicaba

V Seminário Internacional de Ética nos Negócios e Responsabilidade Global Universidade Metodista de São Paulo e Universidade Metodista de Piracicaba

As Instituições Metodistas de Ensino preocupadas com questões relacionadas à ética e à responsabilidade global realizam, por iniciativa de um grupo de pesquisadores da International Association of Methodist Schools, Colleges & Universities - IAMSCU, discussões, pesquisas e publicações que qualifiquem suas ações. Ética nos negócios é um tema para discussão, pesquisa e atividades no contexto global. Uma forma diferente de aproximar a ética nos negócios da responsabilidade social corporativa e encontrar novas perspectivas e parceiros.

Esse tema ganhou renovada atenção após o vazamento de óleo no Golfo do México, em 2010.

O Seminário Internacional de Ética nos Negócios e Responsabilidade Global é resultado de uma série de eventos sobre ética nos negócios, organizado com o suporte da IAMSCU iniciado na Austrália, em 2005, incluindo diversos eventos no Japão, EUA, Malásia e Brasil, entre 2007 e 2011.

Esse seminário reunirá pesquisadores, estudantes, executivos, líderes religiosos, membros de organizações governamentais e não governamentais e gestores institucionais de diferentes partes do mundo.

Neste ano, este grupo de pesquisadores, considerando a realização da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio +20, deu ênfase à análise crítica das pactuações e ações ocorridas a partir da ECO 92 à luz da ética nos negócios e da responsabilidade social.

Sinais indicativos dessa discussão apontam para as crises econômicas, o descumprimento das agendas relativas ao meio ambiente e o enfraquecimento da mobilização social, que caracterizam mudanças no cenário, comparando-se àquele de 1992.

Diante da importância da Rio + 20 que propõe a articulação de três eixos básicos (meio ambiente, sociedade e economia) para o desenvolvimento sustentável, os pesquisadores da IAMSCU, em parceria com pesquisadores brasileiros (Universidade Metodista de São Paulo e Universidade Metodista de Piracicaba) propõem: analisar criticamente a conferência Rio + 20, fortalecer e ampliar a rede internacional de pesquisadores e instituições para construção de uma agenda de trabalho que reflita o papel da ciência e da tecnologia em prol da ética nos negócios e da responsabilidade global, ou seja, crescer, incluir e proteger.

O Seminário Internacional de Ética nos Negócios e Responsabilidade Global foi realizado de 31 de julho a 3 de agosto, nas cidades de São Bernardo do Campo e Piracicaba e teve como base os três eixos temáticos que seguem:

  • As cadeias produtivas e o desenvolvimento sustentável: o papel das cadeias produtivas na realização do desenvolvimento sustentável, tendo em vista o ser humano. A importância da ética nos negócios e da responsabilidade social nas ações das lideranças empresariais e no desenvolvimento da economia verde. Ementa: cadeias produtivas e desenvolvimento sustentável; economia verde; globalização; dignidade humana; neoliberalismo; ética nos negócios; liderança ética; responsabilidade social; alianças estratégicas para o terceiro setor; sustentabilidade e o setor sucroenergético.
  • A sociedade e a participação no desenvolvimento sustentável: o papel da sociedade como agente na participação qualificada nos processos de construção de políticas públicas para o desenvolvimento sustentável e o exercício do controle social, com a participação das entidades de representação da sociedade civil (organizada e não organizada), tendo como principal preocupação a pessoa humana. Ementa: direitos humanos; participação social qualificada; mecanismos de controle social; representação da sociedade civil; acesso à informação.
  •  O Estado, a regulação e a garantia do desenvolvimento sustentável: o papel do Estado como agente da regulação, elaboração e realização de políticas públicas para os direitos humanos (vida, liberdade, educação, cultura, saúde, alimentação, meio ambiente, trabalho etc), e a democratização do acesso à informação. Ementa: políticas públicas; marco regulatório para exercício dos direitos humanos; estado democrático de direito e transparência das ações governamentais.



Comunicar erros