Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Núcleo de Formação Cidadã / Notícias / Núcleo de Formação Cidadã relembra golpe de 1964 com programação especial

Núcleo de Formação Cidadã relembra golpe de 1964 com programação especial

19/03/2014

19/03/2014 18h05 - última modificação 01/04/2014 16h36

No mês de abril, o golpe militar de 1964 completa 50 anos. Para relembrar fatos deste acontecimento histórico, o Núcleo de Formação Cidadã da Universidade Metodista de São Paulo promove, de 1º a 04 de abril, a atividade “Para que nunca mais se repita: 50 anos do golpe de 1964”.

A abertura do evento conta com uma mesa com bate-papo e discussões sobre o tema “Música no contexto da ditadura civil-militar no Brasil”, com os professores Rubens Lopes Junior e Oswaldo de Oliveira Santos.

Nos dias seguintes haverá a Mostra de cinema e diálogo: 50 anos de ditadura, com a exibição dos filmes:

 

  • Ação entre amigos (1998)

Com Leonardo Villar, Zé Carlos Machado e Cacá Amaral. Lutando contra o regime militar brasileiro, quatro amigos são presos pelas forças de repressão da ditadura em 1971 e torturados durante meses. Vinte e cinco anos depois, eles se reúnem ao tomar conhecimento de que o torturador – ao contrário do que diz a versão oficial – está vivo. Decidem então seqüestra-lo  e matá-lo. Todavia, ao ser capturado, o torturador faz uma revelação surpreendente que muda toda a história.

 

  • Batismo de Sangue (2006)

 

Baseado no livro homônimo de Frei Betto, conta a história de um convento de frades dominicanos do final da década de 1960 que se torna uma forte resistência à ditadura militar. Movidos por ideais cristãos, os frades colaboram e apoiam o grupo Ação Libertadora Nacional, à época comandado por Carlos Marighella. O apoio não passa despercebido e os religiosos passam a ser perseguidos por autoridades policiais.

 

  • Que bom te ver viva (1989)

Com Irene Ravache. Misturando os delírios e fantasias de uma personagem anônima com os depoimentos de oito ex-presas políticas que viveram situações de tortura. Mostra o preço que essas mulheres pagaram, e ainda pagam, por terem sobrevivido lúcidas à experiência de tortura. Para diferenciar a ficção do documentário, optou-se por gravar os depoimentos reais em vídeo, como o enquadramento semelhante ao de retrato 3×4.

 

 

“Para que nunca mais se repita: 50 anos do golpe de 1964”

 

Programação:

01/04/2014 - Música no contexto da ditadura civil-militar no Brasil (19h30 às 21h e 21h30 às 22h50) - Salão Nobre – Campus Rudge Ramos

02/04/2014Mostra de cinema e diálogo: 50 anos de ditadura (17h às 19h10) - Edifício Delta, Sala 412 – Campus Rudge Ramos

03 e 04/04/2014Mostra de cinema e diálogo: 50 anos de ditadura (17h às 19h10)  - Auditório Sigma – Campus Rudge Ramos


Será fornecido certificado de horas complementares para os participantes.

 

Apoio:

Faculdade de Humanidades e Direito - FAHUD

Núcleo de Educação em Direitos Humanos - NEDH

Projeto Ler e Conhecer

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , , , ,