Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Núcleo de Formação Cidadã / Notícias / Núcleo de Formação Cidadã integra programação do Memorial da Resistência de SP

Núcleo de Formação Cidadã integra programação do Memorial da Resistência de SP

Atividades do NFC acontecem no mês de junho

06/06/2016 14h25 - última modificação 06/06/2016 14h26

O Núcleo de Formação Cidadã (NFC) integra a programação de junho do Memorial da Resistência de São Paulo. No sábado, 25 de junho de 2016, o NFC estará presente em duas atividades. A primeira é o “Encontro com Educadores – Formação Cidadã: diálogos entre o ensino formal e não formal”. Já o segundo é o curso “Brasil e Chile: experiências de ações educativas em Memória e Direitos Humanos”, que também será realizado nos dias 27, 29 e 30 de junho de 2016. Todas as atividades são gratuitas.

Confira a programação de junho no Memorial da Resistência de São Paulo:

Dia 11 de junho, sábado, das 10h às 14h
Encontro de Aprofundamento Temático - A democracia brasileira entre golpes políticos: reflexões sobre o significado dos golpes de 1937, 1954 e 1964
O encontro objetiva refletir sobre os golpes que ocorreram ao longo da chamada “Era Vargas” e articulá-los com o golpe de 1964, que ocorreu contra João Goulart. A partir da análise das diferentes conjunturas políticas nas quais ocorreram esses episódios, pretende-se discutir os limites da democracia brasileira que permitem rupturas traumáticas da ordem constitucional. A questão de fundo que orientará a abordagem do tema: o que explica a nossa fragilidade democrática que oscila entre a imposição da “ordem” e o desejo de “progresso”, ou vice-versa?
Palestrante: Profa. Dra. Maria Helena Rolim Capelato. 
Certificação emitida em parceria com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). 
Mais informações neste link.

Dia 11 de junho, sábado, das 14h às 17h
Sábado Resistente - Memorial da Resistência exibe documentário “Aconteceu bem aqui”
O projeto “Aconteceu bem aqui” foi idealizado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, e dirigido pelo diretor Camilo Tavares (Pequi Filmes). Composto por cinco vídeos documentais, com relatos de resistentes do período da ditadura militar e de hoje, são retratados lugares emblemáticos da cidade de São Paulo, que fazem parte da paisagem e dos trajetos cotidianos dos cidadãos e cuja história real são invisíveis para a população em geral. Após a exibição dos curtas, haverá mesa redonda com Camilo Tavares, Clara Castellano e Deborah Neves.
Mais informações neste link.

Dia 18 de junho, sábado, das 15h00 às 17h00
Tarde de Memórias
A atividade é direcionada às famílias, crianças e jovens em visita ao Memorial da Resistência, e a mediação, realizada pelos nossos educadores, acontece por meio de atividades lúdicas, como jogo da memória, cruzadinha, quebra-cabeça, entre outros. Os jogos visam estimular a reflexão sobre temas como democracia, liberdade, memória, resistência e outras temáticas trabalhadas pelo Memorial. A edição de junho acontecerá na exposição de longa duração. Não é necessária inscrição prévia.
Mais informações neste link

Dia 25 de junho, sábado, das 9h30 às 13h30
Encontro com Educadores - Formação Cidadã: diálogos entre o ensino formal e não formal
A atividade objetiva dialogar sobre a formação cidadã a partir das práticas de educação em Direitos Humanos no âmbito do ensino formal e não formal. A reflexão sobre as experiências do Memorial da Resistência de São Paulo e Núcleo de Formação Cidadã da Universidade Metodista de São Paulo pretende evidenciar a importância na formação de agentes multiplicadores, sobre práticas pedagógicas que valorizem a educação para a cidadania. Certificação emitida em parceria com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).
Mais informações neste link

Dia 25 de junho, sábado, das 14h00 às 17h30
Sábado Resistente - Debate sobre o livro "Tortura", de Maria Auxiliadora Arantes
O evento, com o titulo "Tortura, crime que os humanos cometem contra os próprios humanos", discutirá um importante tema que permanece como ponto central a respeito dos Direitos Humanos no país: a questão da prática da tortura como elemento de pressão física e psicológica. O evento terá participação da autora, psicóloga e psicanalista Maria Auxiliadora Arantes, do professor Márcio Farias, da advogada Mariana Lins e do jornalista Ivan Seixas.
Mais informações neste link

Dia 25, das 9h30 às 13h30 e dia 27, 29 e 30 de junho, das 14h00 às 18h00
Brasil e Chile: experiências de ações educativas em Memória e Direitos Humanos
Curso a ser ministrado por Cláudia Videla Sotomayor (Museo de la Memoria y los Derechos Humanos, Chile), Prof. Oswaldo de Oliveira Santos Júnior (Núcleo de Formação Cidadã da Universidade Metodista de São Paulo) e equipe do Programa de Ação Educativa do Memorial da Resistência, buscará refletir sobre os Direitos Humanos e a Memória a partir dos diálogos entre as práticas estabelecidas pelo ensino formal e não formal no Brasil e no Chile. Certificação emitida em parceria com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). A atividade contará com apoio da equipe do Memorial da Resistência para tradução.
Mais informações neste link

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , ,