Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Núcleo de Formação Cidadã / Notícias / Metodista adere ao pacto nacional para promoção da educação em direitos humanos

Metodista adere ao pacto nacional para promoção da educação em direitos humanos

Iniciativa visa estimular a cultura de paz e o respeito à diversidade

07/03/2017 14h50 - última modificação 09/03/2017 18h11

Pacto é iniciativa dos Ministério da Educação e da Justiça e Cidadania

A Universidade Metodista de São Paulo aderiu ao Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos, iniciativa do Ministério da Educação e do Ministério da Justiça e Cidadania em cooperação com Instituições de Ensino Superior (IES). O Pacto visa promover educação em direitos humanos no ensino superior, envolvendo alunos, professores e funcionários administrativos.

A Metodista formará um Comitê Gestor que será responsável por elaborar um plano de trabalho com propostas de ações práticas em cinco eixos: ensino, pesquisa, extensão, gestão e convivência. O coordenador do Núcleo de Formação Cidadã, professor Oswaldo de Oliveira Santos Jr., explica que a participação da Metodista no Pacto é um complemento das ações já realizadas na Universidade.

"Esse plano deve trazer algumas coisas novas, como campanhas de direitos humanos e tolerância dentro da Universidade. A intenção é aglutinar as ações que já são realizadas aqui atualmente", diz. A Metodista já possui iniciativas como os projetos de extensão Canudos, Balsa e Práxis Cidadã, além de disciplinas voltadas à formação cidadã, ética e humanizada.

Criado há 17 anos, o NFC reúne projetos e eventos sociais, culturais e artísticos. O professor enfatiza que a Metodista foi uma das instituições pioneiras no desenvolvimento de diretrizes educacionais humanizadas, que mais tarde se tornaram políticas públicas de educação. "A Instituição demonstrou um caráter inovador e ousado, na época, de estar à frente desse momento de mudanças. O que é feito aqui demorou muito para que outras universidades tivessem sensibilidade e adotassem", declara.

"Entendemos há muito tempo que o bom profissional é aquele qualificado tecnicamente, mas que também tem uma perspectiva humana. Essa formação cidadã e ética é um dos pilares da Instituição que é parte, inclusive, do caráter confessional da Universidade", explica. "Eu costumo dizer que o grande objetivo da formação cidadã é formar o profissional que enxerga pessoas, que se preocupa com o próximo. Isso é fundamental neste momento histórico em que as pessoas não enxergam mais umas as outras", completa.

Saiba mais sobre o Pacto, clicando aqui.

Participe do Comitê Gestor da Metodista!

Se você é aluno, professor ou funcionário administrativo da Metodista pode se inscrever para participar do Comitê e ajudar a propor ações de educação para os direitos humanos. Interessados devem mandar um e-mail para cidadania@metodista.br ou entrar em contato pelo telefone (11) 4366-5968 até o dia 10 de março.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,