Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Núcleo de Artes e Cultura / Notícias / Metodista promove V Semana de Arte na Praça

Metodista promove V Semana de Arte na Praça

11/05/2015 13h20 - última modificação 22/05/2015 20h37

ATENÇÃO! A exposição foi prorrogada até 27 de maio. Não perca!

O Núcleo de Arte e Cultura da Universidade Metodista de São Paulo promove, entre 11 e 22 de maio de 2015 a V Semana de Arte na Praça.

O evento, que reúne diferentes linguagens artísticas, valoriza a produção local trazendo obras de diversos artistas da região, que ficarão expostas na Praça Central do Campus Rudge Ramos, local aberto da Universidade. Utilize a hashtag #vsapmeto para compartilhar suas fotos da Semana de Arte na Praça. 

Nesta quinta edição, os 16 artistas selecionados tiveram como desafio trazer sua poética numa produção direcionada para a própria praça, diferente da edição de 2014, quando havia um tema para criação.


Os visitantes poderão observar e interagir com os artistas durante a montagem da exposição, que acontecerá entre os dias 11 e 15 de maio. A abertura oficial da Semana de Arte na Praça será no dia 18 de maio, às 21h, com a participação dos artistas e apresentação musical de Vinicius Duran.

V Semana de Arte na Praça

Período de montagem: de 11 a 15 de maio
Apresentação das obras concluídas: dia 18 de maio às 21h
Exposição das obras: de 18 à 22 de maio. Visitas monitoradas podem ser agendadas no NAC – 4366-5998.
Local: Praça Central da Universidade Metodista de São Paulo – Campus Rudge Ramos

Rua Alfeu Tavares, 149 - Rudge Ramos - São Bernardo do Campo - SP

Confira os artistas participantes da V Semana de Arte na Praça: 

Alexandre Barasino
Artista plástico e professor de artes, licenciado em Educação Artística, habilitação em Artes Plásticas pelas Faculdades Integradas Coração de Jesus- FAINC. Especialista em História da Arte e contemporaneidade na mesma instituição. Já participou de várias exposições na região do Grande ABC.

Coletivo SPA
Equipe de funcionários do setor de produtos Artesanais.
O trabalho das duas turmas foi o de pintura sobre material de descarte da própria Instituição, transformando-o em arte visual numa das árvores da Praça.

Damiana Oliveira
Graduada em Letras pela Universidade Metodista de São Paulo, é pós-graduada em Tradução-Interpretação Espanhol-Português na Universidade Gama Filho. É tradutora, professora e escreve de tudo um pouco (poesias, contos e histórias infantis) desde que se conhece por gente.

Davi Romeu
Artista visual nascido em 1981 e criado em São Paulo. Autodidata, iniciou sua carreira como artista em 1999 por influências de seu pai (professor) e também pelo cotidiano da vida que o ensina a cada dia. Pensa em ajudar e melhorar o espaço público com a sua arte. A sua poética está ligada ao lixo urbano reciclável, ao aquecimento global, ao desmatamento das florestas e a relação humana diante destas questões. Procura mostrar o seu trabalho por meio de acumulações ou mesmo de forma minimalista.

Gaby Braun
A arte de Gaby Braun é a do saber olhar. Ela encerra um microcosmo de oportunidades para o observador. Saber aproveitá-las é um desafio imenso. Todo detalhe é essencial, pois não está ali à toa. Cumpre uma função visual, traz o seu encantamento e magia. A artista seleciona os elementos a serem trabalhados individualmente, mas sempre tendo em vista a maneira como vai relacioná-los com outros. Padronagens de tecidos e papéis ganham então as mais diversas facetas, pois são acrescidos de interferências de técnicas e de imagens.

Luiz83
Vive e trabalha em São Paulo. É autodidata, técnico em montagem de exposições de obras de arte em museus, galerias, casa de colecionadores, feiras de arte etc. Inicia sua trajetória em 1997 realizando intervenções com a escrita urbana pelas ruas da cidade de São Paulo. Sua produção tem permeado vários tipos de suportes e sua pesquisa caminha pelas técnicas do grafite, escultura, objeto e fotografia.

Marcio Fidelis
Marcio Fidelis é artista plástico, graduado pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo–FEBASP em Licenciatura plena em Educação Artística, e Pós-graduado pela UNESP–São Paulo em Especialização em Fundamentos da Cultura e das Artes. Atua como escultor em diversas áreas (modelagens, protótipos, máscaras de látex, bonecos de látex e resina, caricaturas, mascotes, mock-ups, confecção de moldes em silicone, fibra de vidro, gesso). Ministra workshops de conhecimento técnico em resina, poliéster, látex, poliuretano e fibra de vidro.

Mauro Yamaguti
Formado em Educação Artística com habilitação em Artes Cênicas pela Fainc, possui experiência como artista educador nas linguagens de Teatro e Artes Visuais desde 2006. Atualmente é professor de teatro no CIAM (Colégio Integrado Americano), artista educador no PIÁ – Programa de Iniciação Artística – Secretaria de Cultura de São Paulo e Voluntário na ONG Lar Escola Jêsue Frantz.
Participou de 4 exposições coletivas em Diadema, apresentando instalações e pinturas, entre os anos de 2012 e 2014, ano em que foi premiado com o primeiro lugar na categoria Artes Plásticas na Mostra de Cultura e Artes promovida pelo mesmo município, com a instalação Linha Tênue.

Nóti Mambembe
Evandro iniciou suas atividades artísticas em meados de 1999, quando teve sua primeira experiência com o Graffiti, aos 12 anos de idade. Hoje conceituado no seguimento, Nóti, como é conhecido, já teve seus trabalhos expostos no Museu de Santo André, diversos centros culturais, faculdades, festivais e eventos. Seu trabalho envolve o cotidiano das pessoas e das coisas, os ideais e as lutas, os questionamentos e as contradições que vê na sociedade e na história. Seus desenhos são geralmente influenciados por uma figura real, traduzida em seus personagens. Seu traço é marca registrada, o qual sempre busca originalidade e precisão. Sua paixão pelo design e desenhos animados fica aparente em seus painéis e ilustrações.

psicotikka

1983, São Bernardo do Campo, SP.
Vive e trabalha na Grande São Paulo, SP, Brasil.
Formou-se pela Escola Livre de Cinema e Vídeo de Santo André; pós-graduada em Linguagens da Arte no Centro Universitário Maria Antônia, USP e graduada em Educação Artística com especialização em Artes Cênicas nas Faculdades Integradas Coração de Jesus.
Envolvida com várias linguagens da arte, fez diversos trabalhos de intervenção utilizando pintura, desenho e escultura em cidades da Grande São Paulo e interior; participou por 3 anos consecutivos na confecção dos tapetes de serragem construídos na Páscoa, na cidade de Ouro Preto – MG; atua ainda como realizadora na área de audiovisual em diferentes funções e como arte-educadora. 

Raff Chioatto
Rafael Chioatto Orlando tem licenciatura plena em Educação Artística, se formou em 2006 na FAINC – Faculdades Integradas Coração de Jesus e trabalha com arte desde sua formação. Começou fazendo trabalho voluntário na Pinacoteca do Estado, onde descobriu sua vocação como Arte-Educador através das formações e vivências das quais participava. Interrompeu sua produção artística para focar na carreira de Educador. Trabalhou nos principais museus de São Paulo durante os últimos nove anos. “O que gosto na Arte-Educação é que posso manter contato com arte e ainda trabalhar com o público”. Filho de um Fotógrafo e sobrinho de uma Artista Plástica, sempre teve apoio da família em sua produção. Nunca esquecendo sua formação como desenhista, brincou com vários suportes ao longo dos anos, sendo a fotografia a última a explorar, mas apenas em produções experimentais. Após um hiato, Rafael volta à sua produção com a Instalação Kodama. 

Sueli de Moraes
Vive e trabalha no ABC paulista. Santo André - SP- Brasil

Pós-Graduação em Arte-Educação (2014); Estética e História da Arte; Arte-Educação-Fainc (2008); é formada em Gastronomia na Universidade Metodista de São Paulo (2014). Formou-se em Educação Artística nas Faculdades Integradas Coração de Jesus (Fainc), Santo André, SP.
Tem uma intensa produção voltada à pesquisa de materiais permeando as várias linguagens da arte. Nesta mostra traz um tema sempre atual que é o da Moradia e busca indagar a dignidade humana por meio de sua instalação num dos canteiros da Praça Central do Campus Rudge Ramos da Metodista.

Thata Oliveros
Educadora social, trabalha com arte-educação com jovens e adolescentes que cumprem medida socioeducativa. Sendo assim, cria seus trabalhos inspirados nas vivências trocadas com seus educandos. Há muito deles em seus trabalhos.

Vanessa Maneo
Especialista em Arte Educação pela Faculdades Integradas Coração de Jesus, graduada em Educação Artística (Fainc) com habilitação em Artes Plásticas na mesma instituição. Cursou a disciplina Visões da natureza: poética, artificialismo e ciência na Eca/Usp. Atualmente está cursando Pós- Graduação em História da Arte na Fainc.

Vinícius Duran
Vinícius iniciou sua vida na música aos 15 anos de idade quando entrou como guitarrista na banda Atomix, formada por Thiago Gomez, Nico Antônio, Otto e Juninho. Anos mais tarde passou a escrever suas próprias músicas e afastou-se da guitarra elétrica voltando-se ao violão. Hoje participa da banda Os Maurícios junto com Maurício Manfrin, Guilherme Amparo, Rafael Merino e Marcus Perrone. Dá inicio agora ao seu projeto solo.

Zeca Del Bueno
Artista Plástico, Professor, Gravador impressor e Técnico em Serigrafia e Ativista Social.
Graduado em Artes Plásticas
Pós-Graduação pela FAINC em:
Estética e História da Arte
Arte-Educação

 

 

 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,