Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Projeto Aquarela - Terceira Idade / Notícias / Uma Tarde na Universidade inicia 2018 discutindo música e memória

Uma Tarde na Universidade inicia 2018 discutindo música e memória

Professor Eduardo Borga conversou e cantou com membros do Programa Aquarela

20/02/2018 21h07

A música pode ser uma ferramenta de comunicação, união e integração das pessoas. Por meio dela, é possível despertar memórias, sentimentos, aumentar a produtividade e o bem-estar físico. Por isso, o Programa Aquarela – Terceira Idade na Universidade, projeto da Universidade Metodista de São Paulo, dá atenção especial à música em suas atividades e oficinas.

Para iniciar 2018 com o pé direito, o Programa promoveu um bate-papo sobre "Vivências e Memória Afetiva pela Música", conduzido pelo jornalista e professor da Escola de Comunicação, Educação e Humanidades, Eduardo Borga.

O docente compartilhou experiências de sua carreira na área de comunicação e também suas expectativas para o futuro. "A gente nunca pode deixar de ter sonhos, não é mesmo? Eu sonho em continuar praticando esportes e ainda ensinar para os meus netinhos. Temos que estar crescendo sempre e aprendendo", declara.

Ele também faz questão de compartilhar seu conhecimento e amor pela música em asilos. “Faço essas visitas a cada dois meses e o percebo que o elemento lúdico da música ativa a memória afetiva das pessoas e você vê a vida dentro das pessoas”, relata. Com canções conhecidas como Garota de Ipanema, Eu Bebo Sim e Trem das Onze, Borga relaciona temas importantes à rotina das empresas e da vida das pessoas.

Claudia Cezar, coordenadora do Núcleo de Arte e Cultura (NAC), da qual o Aquarela faz parte, ressaltou a importância desse trabalho e compartilhou seu lema para 2018. “Neste ano só quero saber de saúde e alegria. Porque se temos isso, o resto vem. A gente precisa de saúde e momentos felizes, fazer coisas boas para nós mesmos e para quem está perto”, afirma.

A professora Alessandra Zambone, Coordenadora de Graduação e Extensão da Metodista, deu as boas-vindas aos integrantes do Aquarela: “Vocês são recebidos de braços abertos nesse trabalho tão bonito. No futuro, quero ser assim como vocês, ativa, participativa e dando um pouco de mim à sociedade”.

Inscrições abertas

Os participantes do Uma Tarde da Universidade também conheceram as oficinas que serão oferecidas neste primeiro semestre de 2018 no Programa Aquarela. Você pode conferir todas, clicando aqui. As inscrições devem ser realizadas pessoalmente, no Núcleo de Arte e Cultura (NAC).

Confira fotos do encontro abaixo: Uma Tarde na Universidade - 19/02/2018

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
X