Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós Graduação e Pesquisa / PIBIC / Projetos aprovados / 2009/2010 / Jornais de bairro a serviço da saúde

Jornais de bairro a serviço da saúde

O projeto pretende pesquisar como os jornais de bairro podem contribuir na divulgação de informações relacionadas à saúde no Grande ABC. A pesquisa vai investigar também se existem jornais de bairro nas sete cidades da região e se são distribuídos gratuitamente aos moradores. A partir dessa pesquisa, será possível saber se esses jornais publicam informações para a promoção da saúde na região. A base para a fundamentação do projeto será o acompanhamento de jornais de bairro da região e a leitura da bibliografia básica.

O projeto está inserido no “Projeto Mãe: Políticas de Saúde no Grande ABC: Percepção da População em Relação às Ações da saúde nas Gestões Municipais” (projeto de pesquisa e extensão em desenvolvimento na Cátedra Gestão de cidades da Universidade Metodista de São Paulo) que visa pesquisar a relação entre as gestões de saúde da região, os cidadãos e a comunicação secundária (publicações em jornais e propagandas).

O interesse em pesquisar a existência e publicações dos jornais de bairro surgiu com a conclusão do projeto “A comunicação no processo de promoção da saúde no Grande ABC” elaborado em 2008/2009, quando começou a discussão sobre a importância de jornais locais para auxiliar na divulgação de informações sobre saúde.

O jornal de bairro é distribuído gratuitamente aos moradores da região e trata de assuntos e acontecimentos voltados para os interesses apenas dos cidadãos daquela área. Contém uma linguagem simples e é dotado por fotografias e ilustrações, além de não dispensar a propaganda do comércio local. Como seu conteúdo é específico para a região, deveria abordar temas de interesse público para aqueles moradores e apresentar as novidades sobre os direitos sociais. Com esse projeto será possível saber se todos os bairros do Grande ABC contam com um meio de comunicação próprio e se esses meios são entregues aos moradores. A partir dessas informações, é preciso saber se esses jornais promovem saúde. Não há dúvidas de que os jornais de bairro podem contribuir para divulgar informações sobre saúde, basta saber agora se eles existem em todos os bairros e se não existem, é preciso buscar uma alternativa para desenvolvê-los.


Comunicar erros