Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós Graduação e Pesquisa / PIBIC / Projetos aprovados / 2009/2010 / A Identidade Vida-Educação na Filosofia de John Dewey e suas conseqüências na definição do filosófico e para o ensino de Filosofia

A Identidade Vida-Educação na Filosofia de John Dewey e suas conseqüências na definição do filosófico e para o ensino de Filosofia

Discutir de que modo a identidade estabelecida entre vida e educação, na obra de J. Dewey, opera uma resignificação não apenas da definição do pedagógico, concebido em união orgânica com a vida em seus aspectos biológicos, cognitivos e emocionais, mas também uma definição da própria Filosofia, que passa a poder ser também considerada, mais do que uma atividade de criação e compreensão de conceitos, como constante tentativa de obtenção de sentidos válidos no âmbito da vida cotidiana, identificada, por sua vez, com o processo educativo.

No que se refere à prática de ensino de Filosofia, a identidade vida/educação possibilita a transposição do hiato que comumente se instala entre a descrição do trabalho pedagógico efetivo e a atividade filosófica, tensionada em suas exigências de distanciamento e em seu tão insistentemente descrito caráter especular, no lugar de instrumental.

Comunicar erros