Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós Graduação e Pesquisa / PIBIC / Projetos aprovados / 2007/2008 / Aspectos bioquímicos da parece celular de Penicillium janczewskii Zaleski crescido em diferentes fontes de carbono

Aspectos bioquímicos da parece celular de Penicillium janczewskii Zaleski crescido em diferentes fontes de carbono

Aluna: Cássia Ap. Praeiro Mateus

A parede celular de fungos é uma estrutura supramolecular que oferece resistência para as células e proteção contra injúrias mecânicas. A biossíntese de parede celular é um processo chave na formação, crescimento e morfogênese das células dos fungos. Fatores como nutrição, temperatura e tempo de incubação podem causar diferenças marcantes na parede ceular dos fungos. Contudo, apesar de sua função essencial no desenvolvimento desses microorganismos, ainda pouco se sabe sobre este processo ou sua estrutura. Polissacarídeos da parede celular têm sido utilizados para a classificação dos fungos filamentosos. Muitos trabalhos com fungos patogênicos envolvem estudos da parede celular, uma vez que ela está relacionada com respostas imunológicas do hospedeiro, outros trabalhos têm verificado que glucanos de parede exibem significativa atividade antitumoral, sendo utilizados como imunoterapêuticos. Polissacarídeos extraídos de parede celular de fungos também podem ser usados em análises imunológicas ou para verificar a contaminação desses microorganismos em alimentos. Uma vez que os aspectos estruturais da parede celular podem estar sendo afetados pelo meio de cultura, em especial pela fonte de carbono, o presente projeto tem por objetivo avaliar a composição da parede celular das hifas do fungo Penicillium janczewiskii crescido em meio contendo diferentes fontes de carbono.

Comunicar erros