Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Handebol / Masculino / Notícias / Metodista/São Bernardo vence clássico contra Pinheiros pelo Paulista de Handebol masculino

Metodista/São Bernardo vence clássico contra Pinheiros pelo Paulista de Handebol masculino

08/05/2015 12h05 - última modificação 08/05/2015 12h21

O capitão Diogo Hubner e o goleiro Leandro foram fundamentais na vitória no clássico - Fotos: Anderson Rodrigues

Juventude dedicada e muita experiência. Estes termos descrevem o clássico entre Metodista/São Bernardo e E. C. Pinheiros pelo Campeonato Paulista de Handebol masculino, que aconteceu na noite desta quinta-feira (07). A equipe do ABC, que jogou em casa, no Baetão, venceu os principais rivais por 30 a 25 (15 a 13 no primeiro tempo) em um jogo em que jovens e jogadores mais velhos tiveram equilíbrio.

Em um jogo de muita movimentação e velocidade, o início da partida foi comandado pelo clube da capital. O Pinheiros foi logo abrindo 03 a 01 nos dois primeiros minutos e permaneceu com a diferença de dois gols durante a primeira metade da etapa inicial, sempre segurando as reações dos anfitriões. A Metodista passou de fato à frente já depois dos 20 minutos e reverteu a vantagem no placar, nos minutos finais (15 a 13).

Na volta do intervalo, o ritmo do duelo era o mesmo, mas desta vez, o comando era da Metodista, que foi administrando a diferença no marcador e não mais deixou o adversário virar até o apito final. Mas o desenvolvimento do confronto continuou com a mesma dinâmica, sempre equilibrado. Um fato marcante foi a atuação dos goleiros dos dois lados. Por quase cinco minutos de bola rolando no segundo tempo, nenhum gol foi marcado em razão das incríveis defesas dos defensores Leandro, da Metodista, e Marcão, do Pinheiros.

Quando os ataques reencontraram o caminho do gol, os donos da casa levaram a melhor. Em dois lances que a defesa são-bernardense conteve as fortes investidas dos visitantes, o time foi eficaz no contra-ataque, abriu quatro de diferença e isto visivelmente mexeu com todos os presentes em quadra, principalmente os pinheirenses, que, já nos últimos cinco minutos, não conseguiam reagir com maior ofensividade e ainda abriu espaço para a Metodista fazer mais um gol, definindo o placar final.

Os times vêm de uma reformulação em ambos elencos. A Metodista já havia recomeçado um trabalho desde a temporada anterior, quando promoveu atletas da base para o time adulto. Hoje, com um grupo mais mesclado com jogadores experientes e com a volta do capitão Diogo Hubner, a equipe recebeu um Pinheiros que passa neste momento pelo mesmo tipo de mudança, com jovens promovidos ao esquadrão principal e com o reforço de alguns adultos, como os argentinos Julian e Matias e Bruno Saurin, que não participou especificamente deste encontro.

O que se viu em quadra foi uma demonstração de força e preparo, com juvenis, juniores e adultos jogando em igualdade o que também mostra “uma evolução na modalidade”, como aponta o técnico da Metodista, José Ronaldo, o SB. “Os dois times passaram por muitas mudanças, mas claramente conseguiram se organizar e manter um desempenho alto. Hoje o que fez a diferença foi saber aproveitar melhor oportunidades, fazer algumas recuperações de bola que foram fundamentais para conseguirmos o resultado positivo. Mas o trabalho de dar evolução ao grupo continua valendo”, afirmou o comandante.

Se a equipe vencedora teve um goleiro que barrou lances importantes do oponente, também contou com a liderança de Diogo, que mais uma vez fez diferença. Com toda sua habilidade de comandar o grupo, o capitão ainda foi o artilheiro com oito gols marcados. “Estamos no caminho certo. O pessoal se comportou muito bem diante de um adversário muito forte e soubemos manter o controle em situações de dificuldade e tensas. Isso ajuda a dar crescimento”, disse.

Com o resultado, a Metodista segue com 100% de aproveitamento, com quatro vitórias em quatro jogos, e é agora uma das duas únicas invictas no torneio, ao quebrar a invencibilidade do time da capital. A outra equipe que ainda não sofreu revés foi o São José dos Campos, também com quatro vitórias em quatro jogos. Porém, o clube de São Bernardo permanece em quarto lugar, com a mesma pontuação que Pinheiros (2º, com um jogo a mais) e São José (3º), com oito pontos os três. O que separa os times na tabela é o saldo de gols. O Taubaté segue líder, com 12 pontos, mas está três jogos adiantado, o que trouxe a vantagem. A equipe do Vale do Paraíba fará uma pausa no torneio em razão do Pan-americano de Clubes e por isso está com as rodadas antecipadas.

O próximo compromisso da Metodista será contra a Hebraica, já no sábado (09), às 16h, também no Baetão.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
EQUIPE FEMININA
EQUIPE MASCULINA