Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Handebol / Feminino / Notícias / Metodista/São Bernardo vence clássico contra Santo André pelo Paulista de Handebol Feminino

Metodista/São Bernardo vence clássico contra Santo André pelo Paulista de Handebol Feminino

29/08/2015 01h35

A experiente Célia, destaque no clássico entre Metodista e Santo André - Foto: Mônica Rodrigues

O clássico entre Metodista/São Bernardo e Santo André pelo Campeonato Paulista de Handebol Feminino na noite desta sexta-feira (28), no Baetão, foi como o esperado: difícil, pegado, provocativo e definido apenas nos minutos finais. A vitória suada foi do time são-bernardense, que, jogando em casa, superou seu rival mais tradicional por 21 a 19 (10 a 13 no primeiro tempo).

Os primeiros segundos da partida já dava uma prévia do que seria o restante. Os times partiram para cima um do outro desde o apito inicial. As anfitriãs abriram o placar, mas as visitantes logo empataram e depois ficaram em 02 a 02 até os quatro minutos, quando a equipe andreense virou o placar e permaneceu na frente até o fim da etapa inicial, chegando a abrir quatro gols de vantagem. A Metodista até atuou bastante no ataque, mas errou muitas vezes na finalização ou então a goleira Flavinha barrava os lances, o que fez com que a diferença fosse diminuída apenas para três gols e o primeiro tempo terminasse com um tom favorável ao Santo André.

No segundo tempo, o clima era tenso, com o clube de São Bernardo buscando o placar, mas as andreenses estavam irredutíveis e mantinham a vantagem. O setor ofensivo das donas da casa continuava errando e este foi o panorama até os 14 minutos, quando a Metodista aproveitou um erro de ataque das adversárias e ligou bem o contra-ataque, diminuindo mais uma vez a diferença, agora para dois gols.

O técnico Eduardo Carlone mexeu na formação da equipe. Manteve a ponta direita Célia, uma de suas atletas mais experientes, a armadora esquerda Tainara e a ponta esquerda Dayane, que estavam bem na partida, e apostou na armadora direita Bárbara e na pivô Regiane, para organizar a linha ofensiva e foi aí que as coisas começaram a mudar. Por esta mudança, o placar voltou a ficar empatado em 17 a 17, aos 18 minutos e em seguida, ficou em 18 a 18, lembrando que o Santo André não parou no jogo e continuava firme na linha de frente. A partir daí, os dois oponentes passaram a abusar dos erros nos ataques. Foram diversos lances grotescos, bola escapando da mão ou arremessada para fora. Típico de nervosismo que era nítido em todas as atletas, em quadra e no banco.

Se os ataques não erravam, as goleiras defendiam bem. Destaque neste momento para a defensora são-bernardense Ariadne, que entrou no lugar de Caroline e ajudou a segurar a pressão. Quando o cronômetro se aproximava de 24 minutos, a formação feita por Carlone se reorganizou e não mais desperdiçou lances e a Metodista finalmente retomou a frente do marcador. Nos seis últimos minutos, chegou a fazer 21 a 18 e o Santo André apenas conseguiu fazer mais um gol até o apito final.

Para Carlone, o time errou bastante, mas mostrou superação. “O jogo era puramente estratégia. As duas equipes estavam bem preparadas, realizando bem as jogadas. O que aconteceu é que erramos demais na hora de finalizar e isso é o que pode acabar com o jogo mesmo de quem está indo bem. Mas a nossa capacidade de reorganização foi fundamental, por isso conseguimos reverter a situação e sair com o resultado positivo”, disse o treinador.

Eleita destaque da partida, Célia enfatizou a fala do técnico. “Nós viemos com foco para o jogo, mas em determinado momento nos perdemos, acho que por causa do nervosismo. Mas na hora certa buscamos nos acalmar, pensar melhor e conseguimos encaixar nosso jogo e deu tudo certo no final”, afirmou.

Agora a Metodista/São Bernardo terá seu próximo compromisso pelo Paulista no dia 01 de setembro, quando vai até o Vale do Paraíba enfrentar o São José dos Campos, único time do qual perdeu até o momento. Na sequência, dia 03, começa a disputar a Liga Nacional e enfrenta o Caxias do Sul, também fora de casa.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
EQUIPE FEMININA
EQUIPE MASCULINA