Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Assessoria Pedagógica para Inclusão / Notícias / Exposição Identidades dá início à Semana de Inclusão na Metodista

Exposição Identidades dá início à Semana de Inclusão na Metodista

Atividades da Semana incluem apresentações musicais, teatrais e seminários

20/09/2017 11h16

Na segunda-feira (18) teve início a Semana de Inclusão da Universidade Metodista de São Paulo, inaugurada com a exposição “Identidades”, realizada pelo Núcleo de Arte e Cultura (NAC) com apoio da Biblioteca Central, do campus Rudge Ramos.

“A Semana de Inclusão está sendo encabeçada pela Assessoria Pedagógica de Inclusão, juntamente com o NAC, Núcleo de Formação Cidadã, curso de Pedagogia presencial e vamos ter atividades muito legais nesta semana que realmente fazem diferença nas nossas vidas”, diz Claudia Cezar, coordenadora do NAC, dando início às atividades.

Os autores das peças da exposição são os funcionários do Setor de Produtos Artesanais da Metodista que, por meio do desenvolvimento das obras, passaram por um processo de redescobrir a si mesmos e aos seus colegas. Beatriz Bonifacio, uma das arte-educadoras responsáveis pelo projeto, diz que esse processo de redescobrimento tem grande importância para todos.

Ela explica que o trabalho foi realizado ao longo do semestre e começou com o questionamento do que cada um ambiciona na vida. Depois disso, partiram para o trabalho de desenho com observação de fotos para descobrir os detalhes e diferenças de cada um: “fomos trabalhando com as fotografias para entender que cada um tem sua diferença e que ser diferente é absolutamente normal e necessário. Não podemos ser todos iguais, isso seria absurdamente chato”.

Os funcionários produziram, então, desenhos individuais e um quadro final com a pintura coletiva dos membros do Setor. “Foi um processo de descoberta coletivo. Às vezes a gente não repara nos detalhes, não tem tempo de olhar no espelho e se perceber. Esse é um processo de acolhimento com os seus detalhes, quanto mais a gente se conhece, mais a gente se entende e consegue se colocar no mundo e saber que nossas diferenças são importantes, elas nos fazem únicos”, completa.

O professor Paulo Borges Campos Júnior, reitor da Universidade, ressaltou o caráter inclusivo da Metodista e o compromisso da Universidade em integrar os membros da comunidade. “A nossa preocupação com acessibilidade e inclusão é muito grande e faz parte de nossa origem cristã. Eu sempre falo a atenção que eu dou a esse projeto que é magnifico e nos faz nos sentir diferentes em um universo de instituições de ensino. Me sinto honrado e gratificado de participar de uma instituição que tem essa preocupação com a inclusão social”.

Confira mais informações sobre a Exposição Identidades. Veja abaixo fotos do evento:

Abertura da Semana da Inclusão 2017

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , ,