Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Notícias / 2011 / Novembro / Saber trabalhar com mídias sociais é característica fundamental para o sucesso do profissional de Relações Públicas

Saber trabalhar com mídias sociais é característica fundamental para o sucesso do profissional de Relações Públicas

O domínio das novas ferramentas de relacionamento e das mídias sociais é essencial para que o profissional se mantenha competitivo no mercado de Comunicação

12/09/2011 17h23 - última modificação 08/08/2014 13h25

Adrielle Munhoz, Angela Rocha, Silva Leite, Ubirajara Sascio

Com o advento das mídias sociais e as inúmeras transformações que elas representam para o relacionamento das organizações com seus diferentes públicos, o profissional de Relações Públicas deve procurar se preparar e dominar este universo a fim de manter sua competividade no mercado de trabalho. Para o doutor em Relações Públicas, Fábio França, “o campo das mídias sociais está aberto para quem as dominar verdadeiramente e representa excelente oportunidade de trabalho para todos profissionais da área de comunicação”.

De acordo com França, “o profissional de Relações Públicas deve sempre ter as competências teóricas e práticas exigidas para o exercício da sua atividade. Ele deve se apresentar ao mercado dizendo prioritariamente o que ele sabe e pode fazer em benefício das empresas e como irá construir sua carreira”. Além do mais, o professor entende que a questão da concorrência é tratada com naturalidade na medida em que o profissional se dispõe a trabalhar com eficiência, detendo bons conhecimentos do que faz. “O relações-públicas tem de fazer valer suas competências e em nenhum momento se preocupar em enfrentar os assessores de imprensa”, diz França. “Faz assessoria de imprensa quem tem competência para fazê-la, seja o profissional do jornalismo ou de relações públicas”, completa.

A necessidade de se adaptar ao uso de estratégias de relacionamento nas mídias sociais não se aplica somente aos novos profissionais que saem hoje das universidades, mas também deve ser considerada pelos mais experientes, que já estão atuando no mercado há mais tempo. Ou seja, trata-se de um desafio para todos. “Se os profissionais mais experientes não se dedicarem a conhecer e não souberem empregar as mídias digitais e suas diferentes plataformas, irão sendo descartados por não se terem atualizado no exercício da profissão”.

Comunicar erros