Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / RPCOM / Notícias / 2011 / Novembro / Operadoras de telefonia celular lideram ranking de insatisfação no atendimento

Operadoras de telefonia celular lideram ranking de insatisfação no atendimento

As empresas de telefonia celular e lojas virtuais são as campeãs em insatisfação do cliente, informa o ranking do site Reclame Aqui

12/09/2011 17h23 - última modificação 08/08/2014 13h25

Fonte: www.reclameaqui.com.br

André Patrão e Gabriel Campi

Gráfico: www.reclameaqui.com.br

 O mercado de telefonia celular é um dos mais competitivos no Brasil. Segundo a ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações), 20 estados Brasileiros têm atualmente mais linhas de telefone celular do que habitantes. A publicidade destas empresas tenta vincular sua  imagem com idéias de liberdade e conectividade, porém o setor é conhecido pelo mau relacionamento com seus clientes.
 O ranking do maior site de reclamação de consumidores na internet é dividido entre empresas de telefonia celular e lojas virtuais. As operadoras estão amplamente representadas pelas quatro maiores empresas do setor. A Tim, grande vencedora no numero de reclamações, ficou com a medalha de ouro, a Claro é bronze, Oi com a 8º posição e a Vivo em 14º. Mérito nenhum deve ser honrado por essas empresas que devem organizar-se para reverter tal situação.
  Em mais um caso de mau atendimento, um consumidor que desejava mudar sua conta de pós para pré-paga em outubro enfrentou uma cansativa maratona em contato com o SAC (serviço de atendimento ao consumidor).  A solicitação só foi resolvida após oito contatos.
          Os operadores de telemarketing, que representam a empresa neste contato, estavam desmotivados. Esses profissionais são mal remunerados, mal preparados e quase impedidos de resolver as reclamações clientes. Os processos de analise interna das reclamações são burocráticos e impessoais.  As empresas não disponibilizam e-mail de ouvidoria ou outros meios de relacionamento com seus clientes. O respeito pelo consumidor muitas vezes termina no ato da venda, ou pior, na propaganda.  

Comunicar erros