Você está aqui: Página Inicial / Programação

Programação

Semana de Estudos de Religião - 26 a 28 de setembro de 2017
Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião
Universidade Metodista de São Paulo

Grupos de Trabalho para apresentação de comunicações científicas

1. Literatura e Religião no Mundo Bíblico

Coordenador: Prof. Dr. Kenner Terra (FUV)
[apoio e assessoria: Profs. Drs. Ademar Kaefer e Paulo Garcia]

O GT “Literatura e Religião no Mundo Bíblico” acolherá comunicações que estejam relacionadas com o imaginário, formação literária e recepção da Bíblia na tradição literária do Ocidente. Nesse sentido, as comunicações podem trabalhar com a escritura poética dos textos bíblicos (gêneros e técnicas retóricas utilizadas na sua composição e que considerem também a dinâmica de persuasão e a sua função em seus contextos históricos e sociais) ou procurem apresentar sua visão religiosa e teológica ou, então, procurem apreender a estrutura do pensamento próprio à sua temporalidade e a maneira em que ela interfere na nossa experiência do tempo histórico (o pensamento e o imaginário apocalípticos, as formas profanas da apocalíptica na literatura, no cinema, e a sua fortuna iconográfica, ligada ao poder figurativo deste tema). As comunicações podem também enfocar a apropriação dos modelos narrativos bíblicos e das suas imagens na tradição literária Ocidental, bem como o fato de que no processo de leitura o leitor procura desvendar os sentidos, os significados e as diversas possibilidades de interpretação do texto que tem diante de si (estética da recepção).
Palavras-chave: Imaginário, Textos bíblicos, Estética da recepção, Apocalíptica.

2. Espiritualidades Contemporâneas, Pluralidade Religiosa e Diálogo

Coordenador: Prof. Dr. Roberlei Panasieswicz (PUC Minas)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Claudio Ribeiro]

O GT “Espiritualidades Contemporâneas, Pluralidade Religiosa e Diálogo” tem por objetivo analisar a pluralidade religiosa atual e as tendências de diálogo na contemporaneidade buscando compreender a religiosidade do mundo contemporâneo. Acolhe pesquisas sobre as experiências da espiritualidade no cotidiano; dos estágios do desenvolvimento da experiência espiritual e a função da meditação; dos desvios do comportamento supersticioso e do misticismo; de práticas fundamentalistas. Pluralidade e mobilidade religiosas perpassam a realidade e os dados estatísticos da atualidade. Este contexto culturalmente plural convida as tradições religiosas e espirituais a dialogarem. Sem renegar ou desconhecer o que há de único e irrevogável em cada experiência, trata-se de perceber, no convívio com a diversidade, o dinamismo espiritual que está entre e para além das religiões/espiritualidades. Incluem-se nesse debate aquelas expressões laicas e sem deus. O diálogo inter-religioso que elas todas proporcionam faz repensar o sentido de tolerância e o compromisso ético dessas espiritualidades com a paz mundial.
Palavras-chave: Espiritualidades contemporâneas, Pluralidade religiosa, Diálogo, Religiosidade.

3. Gênero e Religião: tendências e debates

Coordenadora: Profa. Dra. Fernanda Lemos (UFPB)
[apoio e assessoria: Profa. Dra. Sandra Duarte e Profa. Dra. Naira Pinheiro]

O GT "Gênero e Religião: tendências e debates" tem como objetivo propor discussões de pesquisas que envolvam a articulação entre gênero e religião, buscando analisar as implicações de gênero dos sistemas simbólico-religiosos que informam as/os fiéis e as instituições sociais de maneira geral. Essa análise se dará em perspectiva interdisciplinar, e o GT pretende reunir pesquisas em torno do eixo gênero e religião a partir de diversas áreas de conhecimento como a sociologia, a antropologia, a história, a teologia, a psicologia dentre outras. A religião, mesmo em um contexto secularizado, ainda se mostra como um importante sistema de sentido na conformação das subjetividades masculinas e femininas. Seu poder normatizador e regulador tem sido frequentemente discutido no âmbito dos estudos feministas. Por outro lado, as ortodoxias religiosas se deparam com a heterodoxia da vida cotidiana dos sujeitos religiosos, o que relativiza significativamente o poder regulador das instituições e dos sistemas de sentido religiosos. O GT acolherá propostas de comunicações que discutam aspectos teórico-metodológicos dos estudos de gênero e religião, bem como propostas que analisem os câmbios ou continuidades do discurso religioso acerca dos papéis sociais de sexo num contexto de redefinição das identidades de gênero. São bem-vindas propostas que articulem gênero e religião na discussão da violência, seja ela doméstica, urbana, nas instituições religiosas, nas relações de trabalho; na discussão da diversidade sexual; da bioética; da laicidade; da política dentre outros.
Palavras-chave: Gênero, Religião, Identidades.

 

4. Religião como Texto: Linguagens e Produção de Sentido

Coordenador: Prof. Dr. Douglas Conceição (UEPA)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Paulo Nogueira]

O GT "Religião como Texto: Linguagens e Produção de Sentido" pretende oferecer um fórum para a discussão de questões teóricas referentes ao papel dos símbolos, narrativas e sistemas religiosos na criação de sentido, sistemas comunicativos complexos e universos poéticos. Serão abordadas também análises de obras literárias, míticas, imagéticas, gestuais, em perspectiva da semiótica, da hermenêutica, da crítica literária, entre outras. A religião é parte constitutiva das primeiras formas de expressão da cultura, presente em antigos sepultamentos adornados simbolicamente, nas estatuetas portáteis de deusas, nas pinturas rupestres, entre outras manifestações pré-históricas. Diferentes abordagens científicas concordam com o fato de que estas formas simbólicas religiosas estão intrinsecamente relacionadas com as primeiras articulações da linguagem. A parceria entre linguagem e religião é, portanto, fundamental para entender as implicações de uma em relação à outra e para compreender como a religião se manifesta como texto, estruturada e traduzida em muitas formas de linguagem em relação: ritos, símbolos, narrativas, cultura visual, entre outros.
Palavras-chave: Religião e Linguagem, Produção de Sentido, Hermenêutica, Religião e Textualidade, Narratividade, Cultura Visual.

 

5. Religião e Educação

Coordenador: Prof. Dr. Marcelo Furlim (UMESP)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Rui Josgrilberg]

O GT "Religião e Educação" organiza os estudos e pesquisas da relação entre educação, cultura e religião, campo este que se abre sistematicamente aos pesquisadores de Teologia e de Ciências da Religião, assim como de áreas afins. Com perspectiva interdisciplinar, sua intenção é compreender os diferentes processos de ensino e aprendizagem nos espaços escolarizados e comunitários. Esse núcleo abrange temas como ensino religioso, educação em diferentes espaços confessionais, diversidade, formação inicial e continuada, formação de lideranças para movimentos e estudo dos diferentes segmentos escolares, entre outros. Tais elementos estão relacionados à compreensão e à transformação das práticas e conduções da vida e políticas educacionais apresentadas como plataformas para a ordenação e a direção das relações da humanidade com seu entorno (natureza, transcendência, alteridade).
Palavras-chave: Educação, Religião, Ensino religioso.

 

6. Protestantismo e Pentecostalismo

Coordenador: Prof. Dr. Edin Abumanssur (PUC SP)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Paulo Barrera]

O GT "Protestantismo, Pentecostalismo e Poder" pretende manter-se como um fórum de agregação dos pesquisadores que pensam e produzem conhecimento sobre os protestantes e os pentecostais em suas diferentes vertentes, suas formas de inserção na realidade brasileira e, consequentemente, o complexo de temáticas relacionadas e correlatas. Neste sentido, esse grupo acolherá trabalhos e pesquisadores do campo teológico bem como das Ciências da Religião. O campo religioso brasileiro tem apresentado tal dinamismo e capacidade de transformação que a especialização em seus diferentes sub-temas tem se tornado uma exigência nos últimos anos. As várias leituras e interpretações que o movimento pentecostal suscita no meio acadêmico, a multiplicidade e as particularidades do fenômeno exigem o olhar dedicado do estudioso. Ainda que seja impossível esgotar as possibilidades hermenêuticas desse quadrante do campo religioso, é do interesse dos pesquisadores a manutenção de uma legibilidade mínima do referido quadrante.
Palavras-chave: Protestantismo, Pentecostalismo, Campo religioso.

7. Cultura visual e Religião

Coordenador: Prof. Dr. Frederico Pieper (UFJF)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Helmut Renders]

O GT "Cultura visual e religião" tem por objetivo reunir pesquisas que explorem a mútua relação entre cultura visual e religião. Para tanto, acolhe trabalhos que tratem das diversas formas pelas quais a cultura visual ganha expressão (ícones, fotografia, gravura, escultura, artes plásticas, cinema, etc.), dos mais diversos períodos históricos, tradições religiosas e culturas. Consideram-se também trabalhos que proponham análises da força performativa de imagens e sobre a metodologia para interpretação da cultura visual contemporânea. O GT parte do pressuposto de que a atenção a esse aspecto da cultura é uma resposta ao avanço da “visualização” e “estetização” da cultura contemporânea, com a expansão dos mundos imagéticos para todas as áreas da vida, desde ao cotidiano até a ciência. O problema que o seminário propõe desenvolver é acerca de como a religião participa desse fenômeno, bem como das implicações que este tem para se pensar a religião na cultura contemporânea. Esse tipo de estudo tornou tema específico da investigação científica desde a década 90 do século passado, dando continuidade às intuições de Wittgenstein, Merleau-Ponty, Panofsky dentre outros, representando um campo de pesquisa que pode envolver estudos de textos sagrados e história da religião, bem como da relação entre cultura e religião a partir de diferentes formas de produção do olhar e da imagem, por exemplo, fotografias, filmes, pinturas, gravuras, artefatos e aspectos pictóricos de metáforas.
Palavras-chave: imagem, estética, cultural visual

 

8. Práxis religiosa e dimensão pública

Coordenador: Prof. Dr. Roberto Zwetsch (EST)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Nicanor Lopes]

O GT tem por objetivo discutir a diversidade das práticas religiosas de comunidades cristãs ou não, a relação entre povo e lideranças, e até que ponto as práticas religiosas vividas pelas pessoas incidem na vida pública da sociedade. A teologia pública ultimamente vem demonstrando que as comunidades de fé desempenham um importante papel na sociedade porque abrem espaço para a celebração e o apoio concreto às pessoas em suas dificuldades e anseios. Mas para além dessa função, as comunidades religiosas também ocupam um espaço público que precisa ser analisado de forma atenta e crítica, sobretudo no atual momento político da sociedade brasileira. As tendências conservadoras que dominam o atual parlamento brasileiro indicam verdadeiros retrocessos em diversos pontos da legislação como no que se refere a crianças e adolescentes, às mulheres, e a diferentes minorias. O GT pretende abrir espaço para comunicações e pesquisas que venham a ajudar na análise dessas questões e outras correlatas.
Palavras-chave: práticas religiosas diversas, comunidades de fé, espaço público, tendências religiosas conservadoras, direitos sociais sob a ótica religiosa

Semana de Estudos de Religião - 26 a 28 de setembro de 2017
Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião
Universidade Metodista de São Paulo

Grupos de Trabalho para apresentação de comunicações científicas

1. Literatura e Religião no Mundo Bíblico
Coordenador: Prof. Dr. Kenner Terra (FUV)
[apoio e assessoria: Profs. Drs. Ademar Kaefer e Paulo Garcia]

2. Espiritualidades Contemporâneas, Pluralidade Religiosa e Diálogo
Coordenador: Prof. Dr. Roberlei Panasieswicz (PUC Minas)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Claudio Ribeiro]

3. Gênero e Religião: tendências e debates
Coordenadora: Profa. Dra. Fernanda Lemos (UFPB)
[apoio e assessoria: Profa. Dra. Sandra Duarte e Profa. Dra. Naira Pinheiro]

4. Religião como Texto: Linguagens e Produção de Sentido
Coordenador: Prof. Dr. Douglas Conceição (UEPA)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Paulo Nogueira]

5. Religião e Educação
Coordenador: Prof. Dr. Marcelo Furlim (UMESP)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Rui Josgrilberg]

6. Protestantismo e Pentecostalismo.
Coordenador: Prof. Dr. Edin Abumanssur (PUC SP)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Paulo Barrera]

7. Cultura visual e Religião
Coordenador: Prof. Dr. Frederico Pieper (UFJF)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Helmut Renders]

8. Práxis religiosa e dimensão pública
Coordenador: Prof. Dr. Roberto Zwetsch (EST)
[apoio e assessoria: Prof. Dr. Nicanor Lopes]

Comunicar erros