Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pós-Graduação em Administração / Linhas de Pesquisa / Gestão Econômico-Financeira de Organizações

Gestão Econômico-Financeira de Organizações

A linha “Gestão Econômico-Financeira de Organizações” concentra pesquisas na avaliação e monitoramento do desempenho das organizações e da tomada de decisão dos indivíduos nessa organização. Baseia-se nos conceitos da teoria microeconômica, nos avanços das teorias de finanças corporativas e finanças comportamentais, assim como nas teorias associadas à disponibilidade e análise da informação e seus usos para o controle da gestão.

O estudo da linha concentra-se nos impactos das decisões econômicas e financeiras no desempenho das organizações e do impacto da utilização crescente da tecnologia, incluindo aqueles resultantes das ações de governança corporativa.

O papel da tecnologia no processo de gestão e controle se potencializa na medida em que o acelerado avanço tecnológico permite que novos arranjos organizacionais tornem-se viáveis e novos mercados possam tornam-se acessíveis. Isso reflete na potencialização das interações entre indivíduos, grupos e organizações, na qual a capacidade de análise da informação torna-se um bem particularmente determinante da efetividade organizacional.

Sendo a avaliação de desempenho o foco primordial de atenção, a linha de pesquisa contribui para o desenvolvimento de conceitos de criação de valor nas organizações, orientados pela mensuração de sua sustentabilidade econômico-financeira, e no atendimento das diversas demandas, além de apresentar as ações necessárias a sua recomposição, no caso de ocorrência de destruição de valor.

As pesquisas nessa linha são desenvolvidas com foco em teorias, métodos, técnicas e modelos de:

  • Análise dos determinantes do desempenho, produtividade e inovação nas organizações;
  • Análise dos reflexos do uso da Tecnologia da Informação pelas organizações;
  • Análise dos determinantes e consequências da condução de processos decisórios, no nível do indivíduo, do grupo ou da organização;
  • Análise da efetividade dos controles operacionais, tomada de decisão e monitoramento;
  • Impactos econômico-financeiros das práticas de governança corporativa;
  • Análise e modelagem de risco na operação e nos processos decisórios;
  • Avaliação de projetos de investimento de capital e risco econômico-financeiro;
  • Análise do custo e estrutura de financiamento, estrutura de capital, métodos de gestão e avaliação de carteiras de investimento;
  • Análise dos reflexos do uso da Tecnologia da Informação pelas organizações, sociedade e indivíduos.

 

Objetivos

 

  • Capacitar os alunos para a pesquisa nas áreas de finanças, análise da informação, sistemas e controles, com foco na compreensão e reflexão que culminem com a busca de soluções factíveis para os problemas de desempenho das organizações;
  • Proporcionar o espaço necessário às reflexões e discussões de novas formas de avaliação e controle de desempenho de organizações e suas implicações no processo de planejamento e tomada de decisões estratégicas e gerenciais;
  • Estimular as pesquisas que integrem os conceitos de finanças, análise da informação, sistemas e controle aos pressupostos de gestão de pessoas e organizações, como forma integrada de busca por soluções aos problemas de gestão e desempenho organizacional;
  • Promover debates sobre questões relevantes para a sobrevivência, desempenho, controle, e decisão particularmente em pequenas e médias empresas, como governança, gestão do conhecimento e tecnologia, e formas de acesso ao capital, crédito e capacitação no uso da informação.

 

Estrutura curricular

 
O total de créditos a ser feito pelos alunos é de 30, sendo a unidade de crédito igual a 15 horas/aulas, o que totaliza 450 horas/aula. Dos 30 créditos, 12 correspondem às disciplinas obrigatórias, 15 correspondem a disciplinas optativas, e 3 correspondem à elaboração da dissertação.


Disciplinas obrigatórias:


1. Pesquisa e Didática no Ensino de Administração
2. Teoria das Organizações
3. Métodos Quantitativos, Escalas e Instrumentos
4. Métodos Qualitativos Aplicados a Administração


Disciplinas optativas:


1. Estratégias e Organizações
2. Economia da Informação
3. Gestão e Estratégia Financeira de Organizações
4. Sistemas de Informação e Controle
5. Cultura, Comunicação e Organizações
6. Gestão e Estratégia de Recursos Humanos
7. Trabalho e Sociedade
8. Modelagem de Decisões em Organizações
9. Humanização e Sustentabilidade da Gestão
10. Comportamento Organizacional
11. Tópicos Especiais em Finanças, Sistemas de Informação e Controle
12. Tópicos Especiais em Gestão de Pessoas e Organizações
13. Inteligência Competitiva nas Organizações
14. Seminário de Pesquisa em Finanças, Sistemas de Informação e Controle
15. Seminário de Pesquisa em Gestão de Pessoas e Organizações
16. Análise Multivariada de Dados
 
O tempo para conclusão do Curso de Mestrado em Administração é de 24 meses, com possibilidade de prorrogação por até 6 meses, conforme regras acadêmicas institucionais.

Comunicar erros

SOBRE O PROGRAMA