Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Policlínica / Notícias / Prevenção de doenças e promoção da saúde marcam os 5 anos da Policlínica Metodista

Prevenção de doenças e promoção da saúde marcam os 5 anos da Policlínica Metodista

24/03/2015 18h55 - última modificação 31/03/2015 12h45

- Com a consolidação de um conceito de atendimento integrado em saúde, houve uma ampliação dos projetos desenvolvidos;

- Mais de 180 mil pessoas foram atendidas durante o período;

- Infraestrutura atrai atletas de elite, como as equipes da Seleção Brasileira de Handebol 

 

Criada a partir de um novo conceito de atendimento integrado em saúde, a Policlínica Metodista completa 5 anos neste mês, consolidando um conceito. “Partimos de uma concepção anterior, de atendimento a queixas para a promoção da saúde e prevenção de doenças”, destaca o diretor da Faculdade de Saúde, professor Rogério Gentil Bellot.

Neste período, mais de 180 mil pessoas foram beneficiadas. Resultados de um trabalho que só foi possível com a visão do ser humano como um todo, por meio de uma abordagem multidisciplinar, tendo como foco o indivíduo e não a doença. Para tanto, foram integrados em um mesmo local os núcleos de Análises Clínicas, Educação Física, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Psicologia. Além do benefício para os pacientes, este formato de atendimento contribui com a formação dos alunos, que interagem e trocam experiências com estudantes, professores e profissionais de diferentes especialidades.

Inovação constante

A ideia de promoção da saúde e prevenção de doenças possibilita a ampliação do trabalho da Policlínica.  O professor Rogério Bellot enfatiza que “novos serviços e novos projetos estão sempre surgindo”. Exemplo disso são os projetos desenvolvidos atualmente:

- PRAIDI: o Programa de Atendimento Interdisciplinar ao Paciente com Diabetes, permite que pessoas com diabetes tipo 2 entendam melhor a doença e compreendam quais estratégias podem ser realizadas a fim de melhorar sua qualidade de vida. Estão envolvidos os núcleos: Nutrição, Psicologia, Educação Física e Fisioterapia; 

- CRAVI: parceria com a Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, o Centro de Referência e Apoio à Vítima oferece orientação e atendimento social e psicológico às vítimas e familiares de vítimas de crimes de homicídio, latrocínio, ameaça, violência sexual, violência doméstica e tráfico de pessoas;

 - Projeto Tigrinho: realizado em parceria com a Prefeitura de São Bernardo do Campo junto ao São Bernardo Futebol Clube, é um projeto socioesportivo que atua com crianças e adolescentes em escolinhas de futebol do município. É um trabalho multidisciplinar que aborda temas como drogas, violência, álcool, sexualidade, meio ambiente e sustentabilidade, contribuindo com o aprendizado, relacionamentos sociais e familiares e, em caráter mais amplo, com a redução da violência.

 - BIOVIA: o projeto presta atendimentos a caminhoneiros no quilômetro 40 da pista Sul da Rodovia Anchieta, onde funciona o pátio de descanso. Ali são fornecidas orientações nutricionais, verificação de pressão e glicemia.

 - NEFE: o Núcleo de Referência em Esporte, Exercício Físico e Saúde tem como objetivo acompanhar atletas, praticantes regulares de exercício físico ou sedentários interessados em iniciar um programa de exercício físico. 

- Academia-Escola: aberta aos alunos, professores, funcionários e comunidade, a Academia-Escola desenvolve atividades como musculação, natação e hidroginástica. A avaliação física é realizada na Policlínica sob a coordenação de um médico fisiologista.

- Especialidades médicas: além dos já tradicionais atendimentos, também é possível agendar consultas nas áreas de Pediatria e Ginecologia.

 

Infraestrutura que também beneficia atletas

Devido à sua infraestrutura, atletas de diversos esportes buscam a Policlínica para avaliações e atividades físicas. Entre eles destacam-se diferentes categorias da Seleção Brasileira Masculina de Handebol em fase de preparação de torneios; os times adultos de handebol da Metodista/São Bernardo (masculino e feminino), que recebem ainda o acompanhamento de um médico do esporte, e de basquete, que são acompanhados pelos núcleos de Nutrição e Fisioterapia; e o skatista Edgar Vovô.

Há ainda aqueles que recorrem ao local para a utilização do espaço para algum tipo de tratamento, como é o caso de Duda Amorim, eleita a melhor jogadora de handebol do mundo em 2014.

A coordenadora da Policlínica, Janaína Costa da Silva, ressalta a experiência única que os estudantes vivenciam. “Além de ter uma visão multidisciplinar, o aluno tem a oportunidade de trabalhar e de acompanhar atletas de elite”.

Em sua infraestrutura, a Policlínica dispõe de 38 consultórios, duas piscinas – uma semiolímpica para a prática esportiva e outra exclusiva para hidroterapia –, duas clínicas de Odontologia com 78 equipos (cadeiras de atendimento) e sala de avaliação física metabólica e fisiológica.

Destaca-se ainda o uso de um software de Gestão Hospitalar, o Tasy, também utilizado em hospitais de referência, como o Sírio-Libanês, Beneficência Portuguesa e Rede D’Or São Luiz.

Aprimoramento

Os profissionais formados pela Universidade encontram na Policlínica um espaço para aprimorar seus conhecimentos. As atividades são práticas e se concentram nas áreas esportiva, do idoso, saúde do trabalhador, orientação farmacêutica, psicoterapia e fisioterapia neurológica.

 

Policlínica – Universidade Metodista de São Paulo

Local: Rua Planalto, 106, Rudge Ramos, São Bernardo do Campo.

Horário de atendimento: de 2ª a 6ª feira, das 7 às 22 horas, e aos sábados, das 7 às 13 horas.

Telefone: 4366-5565. www.metodista.br/policlinica

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , , , , , , , , ,