Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Policlínica / Notícias / Programa recebe inscrições para acompanhamento de pessoas com diabetes tipo 2

Programa recebe inscrições para acompanhamento de pessoas com diabetes tipo 2

Orientações e atividades são feitas por equipe multidisciplinar; a participação é gratuita e os interessados podem se inscrever até o dia 31 de agosto

29/07/2015 19h55 - última modificação 30/07/2015 15h05

Pessoas com diabetes tipo 2 podem receber acompanhamento exclusivo e gratuito na Policlínica Metodista. O Programa de Atendimento Interdisciplinar ao Paciente com Diabetes, o PRAIDI, está com inscrições abertas para o segundo semestre.

Profissionais e estudantes de Educação Física, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia compõem uma equipe multidisciplinar que orienta e promove diferentes atividades para auxiliar os participantes no cuidado com a saúde.

Os interessados podem inscrever-se pessoalmente ou pelo telefone 4366-5565 até o dia 31 de agosto, de segunda a sexta, das 7h às 22h, e aos sábados, das 8h às 13h. As vagas são limitadas e não há restrições quanto à idade.

A diabetes tipo 2

A pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) constatou um aumento de 40% de pessoas com diabetes, entre 2006 e 2012, período que compreende o início do levantamento e os dados mais recentes.

O relatório aponta que o avanço da doença está relacionado com o excesso de peso, à falta de exercícios físicos, à má alimentação e ao envelhecimento da população. De acordo com o Vigitel, 75% do grupo de brasileiros com diabetes estão acima do peso. Destaca-se ainda que, em 2012, pela primeira vez na história, o número de pessoas com sobrepeso superou a metade da população, chegando a 51%.

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), a Diabetes Mellitus tem como causa o aumento da glicose no sangue (hiperglicemia) e ocorre por defeitos na secreção ou na ação do hormônio insulina, que é produzido no pâncreas. A principal função da insulina é promover a entrada de glicose para as células do organismo de forma que ela possa ser aproveitada para as diversas atividades celulares. A falta da insulina ou um defeito na sua ação resulta portanto em acúmulo de glicose no sangue, o que chamamos de hiperglicemia.

Dividido em tipo 1 e tipo 2, o primeiro é resultante da destruição autoimune das células produtoras de insulina e seu diagnóstico acontece, normalmente, durante a infância e a adolescência, podendo ocorrer em outras faixas etárias. Já no diabetes tipo 2, “o pâncreas produz insulina, mas há incapacidade de absorção das células musculares e adiposas. Esse tipo de diabetes é mais comum em pessoas com mais de 40 anos, acima do peso, sedentárias, sem hábitos saudáveis de alimentação, mas também pode ocorrer em jovens”.

A Policlínica Metodista

A Policlínica é um espaço para a aplicação prática do aprendizado dos estudantes dos cursos da área da saúde. No local são oferecidos:

- Atendimento nas áreas de Análises Clínicas, Educação Física, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Psicologia;

- Realização de exames laboratoriais no Núcleo de Análises Clínicas;

- Consultas médicas nas seguintes especialidades: Clínica Geral, Geriatria, Ginecologia e Pediatria;

- Acupuntura;

- Acompanhamento no Núcleo de Referência em Esporte, Exercício Físico e Saúde;

- Aulas de natação, hidroginástica, musculação e zumba.

A Policlínica fica no Edifício Iota do Campus Rudge Ramos (Rua Planalto, 106, São Bernardo do Campo). O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h, e aos sábados, das 7h às 13h. Telefone: (11) 4366-5565. 

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,