Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Policlínica / Notícias / Especialistas da Policlínica dão dicas sobre marmitas no DGABC

Especialistas da Policlínica dão dicas sobre marmitas no DGABC

Preparo e refrigeração foram comentados por nutricionista e responsável técnica

17/02/2017 17h22

Além de ser uma opção mais barata, a marmita é ótima para manter uma alimentação saudável. As profissionais da Policlínica da Universidade Metodista de São Paulo conversaram com o Diário do Grande ABC a respeito de como fazer uma marmita completa.

“O ideal seria que contivesse carboidratos (arroz, macarrão, batata, mandioca), leguminosa (feijão, ervilha, grão de bico), proteína (carne, peixe, frango ou ovo) e legumes ou verduras cruas e cozidas. Uma dica para saber se ficou bom é ter cinco cores diferentes”, explica a nutricionista Nathália Rocha, da Policlínica.

A responsável técnica pela Policlínica, Karina Stefani, também deu entrevista ao jornal: "O ideal, independentemente do alimento e da preparação, é que essa marmita fique em refrigeração de no máximo 6ºC, minimizando assim a proliferação bacteriana ou aparecimento de fungos”.

Leia a reportagem completa no site do Diário.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,