Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Reflexões da Pastoral / Por onde anda nossa Misericórdia?

Por onde anda nossa Misericórdia?

Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia. Mateus 5:7

Levanta, toma café, trabalha, passa correndo pelas pessoas, mal cumprimenta, almoça apressadamente, trabalha, volta para casa, dorme, acorda... Assim são muitos de nossos dias.

Notícias nas mídias: refugiados fogem de regiões de guerra, são distribuídos pelos países da Europa e do mundo, crianças são encontradas entre escombros após a cidade ser bombardeada por mísseis poderosos, alunos tomam escolas, políticos votam cortes de recursos para políticas sociais, Mariana continua sem solução, a crise econômica persiste, o nível de desemprego aumenta....

Esse é um pouco do cenário tão desumano do qual fazemos parte. É nele que desempenhamos nosso papel na sociedade, que participamos de um período histórico. Nesse contexto, muitas vezes, nos tornamos insensíveis, fica tudo empastelado, vestimos uma armadura para não sermos atingidos.

Então, eu pergunto: por onde anda nossa misericórdia?

Misericórdia deriva do latim miserere cordis, que significa o sentimento de empatia, do coração que se inclina em direção ao outro, em solidariedade e disposição para ajudar. Quando somos misericordiosos, conseguimos seguir nas pisadas da outra pessoa para acolhê-la e compreendê-la.

Mas na sociedade em que vivemos tão individualista e presa às lógicas do mercado, não há lugar para a misericórdia como modelo a ser seguido. Misericórdia é sofrer com alguém, estar ao lado de outra pessoa.

Em nossa vida corrida encontramos muitas dificuldades para a prática de uma solidariedade efetiva. Mas nossos atropelos não devem ser impedimentos para que olhemos para a outra pessoa, para que partilhemos com ela de suas dores, seja do tipo e do tamanho que forem.

A misericórdia fortalece as relações humanas e fortalece nossa relação com Deus. Ela quebra preconceitos, pois todas as pessoas têm direito à ternura e à alegria pela vida.
Concordo, plenamente, com o seguinte pensamento: não basta sermos bons, temos que ser misericordiosos, incondicionalmente.

É fácil citar várias passagens bíblicas que falam de misericórdia, como a da moeda perdida, a da ovelha desgarrada e a mais conhecida de todas, a do filho pródigo. Mas é difícil encontrar, nos dias de hoje, vivências concretas ou mesmo relatos sobre ações de misericórdia.

Fica, então, o desafio de olharmos ao nosso redor e descobrirmos ações de misericórdia. E quem sabe nos juntarmos a elas.

Profª Mary Rosário

Comunicar erros

ATENDIMENTO

Campus Rudge Ramos -  Edifício Sigma, Sala 205
Telefone – 4366-5543

Atendimento:


- Segunda a sexta-feira, das 8h às 22h
- Sábados, das 8h às 12h



Campus Planalto – Edifício A, Sala 316
Telefone: 4366-5339

Prof.ª Rosane Silva de Oliveira
Pastor Hércules Andrade Araújo
Pastor Edemir Antunes Filho

Atendimento:

- Segunda-feira, das 8h às 12h e das 19h às 21h30
- Terça-feira, das 8h às 21h30
- Quarta-feira, das 10h às 21h30
- Quinta-feira, das 8h às 14h e das 19h às 21h30
- Sexta-feira, das 8h às 12h
 



Campus Vergueiro -  Edifício A, sala 150
Telefone: 4366-5403

Pastora Angela Aparecida Balbastro Ribeiro
Pastor Edemir Antunes Filho

Atendimento:

- Terça-feira, das 14h às 21h30
- Quinta-feira, das 14h às 21h30



Colégio Metodista SBC
Telefone: 4366-5796

Pastor Wesley Cardoso Teixeira
Prof.ª Elaine Cezar da Silva

Atendimento:

- Segunda-feira, das 8h às 12h
- Quarta-feira, das 8h às 17h
- Terça, quinta e sexta-feira, das 8h as 17h30