Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Reflexões da Pastoral / Dia dos Direitos Humanos

Dia dos Direitos Humanos

Dia 10 de dezembro

A Europa é um dos continentes mais bonito, estruturado e desenvolvido do mundo e por isso recebem milhões de turistas e visitantes todos os anos.

Agora imaginem, que entre os anos de 1939 a 1945 este continente foi abalado pela 2.ª Guerra Mundial. Países vizinhos cujas fronteiras se assemelham com os Estados brasileiros foram destruídos por bombas, tanques e canhões. Vale registrar que esta maioria também era de uma mesma religião, a cristã.

Este é o contexto da Declaração Universal dos Direitos Humanos. 3 anos após o fim da Guerra, no dia 10 de dezembro de 1948, foi instituída a Declaração pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Naquela oportunidade os países chegaram a um acordo e entendimento sobre os direitos humanos inalienáveis, após as duras consequências da Guerra.

A Declaração Universal principia reconhecendo que "a dignidade é inerente à pessoa humana e é o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo". Além disso, declara que os direitos humanos são universais independentemente de cor, raça, credo, orientação política, sexual ou religiosa.

A Declaração Universal inclui direitos civis e políticos, como o direito à vida, à liberdade, liberdade de expressão e privacidade. Ela também inclui os direitos econômicos, sociais e culturais, como o direito à segurança social, saúde e educação.

Ao relembrar esta data, buscamos trazer à memória esta experiência da humanidade e usá-la como referencial para os desafios do nosso tempo e especialmente, do nosso país.

A busca pela dignidade e valor do ser humano é uma herança que recebemos de amargas experiências do passado e serve de baliza para o que pretendemos e sonhamos para o futuro.

Os desafios atuais são diferenciados do século anterior, mas apresentam fundamental importância para o desenvolvimento e entendimento tanto para uma nação, como por exemplo o Brasil, quanto para os demais países do mundo.

A data não é uma mera comemoração, mas serve para recordar e ressaltar a necessidade de garantir dos direitos civis, políticos, sociais e ambientais para toda a população mundial, e não apenas para alguns indivíduos ou nações privilegiadas.

Wesley Cardoso Teixeira
Pastoral Escolar e Universitária

Comunicar erros

ATENDIMENTO

Campus Rudge Ramos -  Edifício Sigma, Sala 205
Telefone – 4366-5543

Atendimento:


- Segunda a sexta-feira, das 8h às 22h
- Sábados, das 8h às 12h



Campus Planalto – Edifício A, Sala 316
Telefone: 4366-5339

Prof.ª Rosane Silva de Oliveira
Pastor Hércules Andrade Araújo
Pastor Edemir Antunes Filho

Atendimento:

- Segunda-feira, das 8h às 12h e das 19h às 21h30
- Terça-feira, das 8h às 21h30
- Quarta-feira, das 10h às 21h30
- Quinta-feira, das 8h às 14h e das 19h às 21h30
- Sexta-feira, das 8h às 12h
 



Campus Vergueiro -  Edifício A, sala 150
Telefone: 4366-5403

Pastora Angela Aparecida Balbastro Ribeiro
Pastor Edemir Antunes Filho

Atendimento:

- Terça-feira, das 14h às 21h30
- Quinta-feira, das 14h às 21h30



Colégio Metodista SBC
Telefone: 4366-5796

Pastor Wesley Cardoso Teixeira
Prof.ª Elaine Cezar da Silva

Atendimento:

- Segunda-feira, das 8h às 12h
- Quarta-feira, das 8h às 17h
- Terça, quinta e sexta-feira, das 8h as 17h30