Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Notícias / Dia Internacional da Tolerância

Dia Internacional da Tolerância

08/11/2018 18h20 - última modificação 12/11/2018 16h26

Comemorado no dia 16 de novembro, o Dia Internacional da Tolerância destaca-se no calendário internacional com o desejo de respeito, diálogo e cooperação entre as diversas culturas, religiões, povos e civilizações.  Criado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1996, esta data visa o combate a qualquer tipo de intolerância e preconceito. É triste ter que marcar um dia para se pensar em algo que deveria ser normal, o respeito ao outro(a), mas aí está uma data para pensarmos mundialmente que não somos seres únicos, há diferenças entre nós e precisamos respeitá-las.

Refletir sobre a intolerância se faz necessário porque a violência aumenta a cada dia. Uma das definições da palavra tolerar é aceitar. Quando não toleramos algo ou alguém, nosso desejo é impedir, evitar ou até mesmo revidar. Infelizmente, algumas pessoas acreditam que precisam a qualquer custo impedir uma “ação ou pensamento errado”, nem que para isso, seja necessário o uso da violência, verbal ou física, e por vezes a consequência é a morte da outra pessoa.

Pensando no Brasil, podemos contemplar um ótimo exemplo do quanto se faz necessário refletirmos sobre a tolerância, simplesmente observando nossas relações pessoais nestes últimos meses. Com as eleições, tivemos uma revelação escancarada sobre como nos comportamos em relação aos que pensam diferente. O show de horrores nas redes sociais nos entristeceu e chocou, mas serviu também para revelar a verdade que muitas vezes deixamos escondida. Quanta intolerância, quanto preconceito, quanto ódio e quanto ego regendo nossas palavras e atitudes.

Amizades foram desfeitas, decepções e frustrações nos atingiram em cheio, a intolerância se expressou entre nós, deixando marcas e feridas que ainda doem.

 Pensando especialmente neste dia, convidamos todos e todas refletirem sobre suas relações e, se necessário, as retomarem. Na palavra de Deus, podemos conhecer como era o caráter de Seu filho Jesus. Ele veio para nos mostrar na prática o verdadeiro amor. Então, que guardemos em nossos corações a Palavra de Deus, que é lâmpada para nossos pés e luz para nosso caminho, que Ela nos guie:

  • Tolerar é esforçar-se por manter a paz - “bem aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus”. Mateus 5.9

  • Tolerar é não julgar - “Pois com o juízo com que julgardes sereis julgados e com a medida com que tiverdes medido hão de medir a vós. Por que reparas no cisco que está no olho do teu irmão, mas não percebes a trave que está no teu? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o cisco do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e então verás claramente para tirar o cisco do olho do teu irmão”.  Mateus 7.2-5  

  • Tolerar é ser paciente e saber perdoar os erros dos outros - “Portanto, como eleitos de Deus, santos, e amados, revesti-vos de compaixão, de benignidade, de humildade, de mansidão, de longanimidade.  Suportai-vos uns aos outros, perdoai- vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós”. Colossenses 3.12,13

  • Tolerar é ter amor e consideração por aqueles(as) que não são como nós - “Vede que ninguém retribua a outrem mal por mal, mas segui sempre o bem, uns para com os outros, e para com todos”. 1 Tessalonicenses 5.15

 
Que Deus nos abençoe. Que Seu amor ilumine nossos pensamentos e seja a base para as nossas ações e relações.

Elaine Cezar da Silva
Agente de Pastoral

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,
X