Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Observatório Econômico / Notícias / Prof. Sandro Maskio analisa alta do desemprego no DGABC

Prof. Sandro Maskio analisa alta do desemprego no DGABC

Docente da Metodista atribui o quadro à falta de investimentos do governo, maior agente econômico do País

22/01/2016 17h10

O Grande ABC perdeu em 2015 mais 43,6 mil postos de trabalho com carteira assinada, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), elevando para quase 58 mil vagas formais eliminadas nos últimos dois anos, descreve reportagem do Diário do Grande ABC desta sexta-feira, 22 de janeiro.

Segundo o coordenador do Observatório Econômico da Universidade Metodista, professor Sandro Maskio, o desaquecimento econômico que dá origem à elevação do desemprego é provocado, entre outros, pelos altos juros que desestimulam a produção e pelo ajuste fiscal do governo federal para tentar equilibrar suas contas, o que tem implicado em forte corte nos investimentos públicos.

“O maior agente econômico no País, pensando individualmente, é o governo. Quando ele diminui o consumo, cai a demanda. Se reduz o investimento, reduz o capital na economia”, comenta professor Maskio.

Leia a íntegra da publicação.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,