Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Observatório Econômico / Notícias / Grande ABC deve movimentar R$ 78,9 milhões no Dia dos Namorados

Grande ABC deve movimentar R$ 78,9 milhões no Dia dos Namorados

Projeção, apresentada pela Pesquisa do Observatório Econômico da Metodista, revela estagnação no comércio

21/05/2015 16h18

O Observatório Econômico da Universidade Metodista de São Paulo divulgou nesta quinta-feira, 21 de maio, os resultados da Pesquisa de Intenção de Compras (PIC) para o Dia dos Namorados 2015. A data, comemorada no dia 12 de junho, deverá movimentar aproximadamente R$ 78,9 milhões no comércio do Grande ABC. Confira aqui a íntegra da pesquisa.

Ao todo foram 897 entrevistas válidas entre as 1.000 realizadas, sendo 58% mulheres e 42% homens, com idade média de 28 anos e renda familiar até cinco salários mínimos (58,7% deste público). De acordo com os dados levantados na pesquisa, o valor médio a ser gasto por presente é de R$ 198,00, sendo que em 2014, o preço médio foi de R$ 205,00, ou seja, houve uma redução real de 10,6%, considerando a inflação acumulada no ano de 8,13%.

Já o valor total que os consumidores pretendem gastar com presentes neste Dia dos Namorados é de R$ 229,00. Comparado ao ano de 2014, quando a pesquisa apontou um gasto planejado de R$ 214,00, houve uma redução de aproximadamente 1%, considerando a mesma inflação acumulada de 8,13%.

Os principais presentes deverão ser vestuário e calçados (34,4%), perfume e cosméticos (19,4%) e flores (6%). Houve um “empate” no principal meio de pagamento utilizado nas compras, que deverá ser o dinheiro (34,4%) e cartão de crédito (34,3%), seguido por cartão de débito (28%). Comparativamente ao ano passado, houve um aumento na tendência a utilizar o cartão de crédito e houve uma redução de aproximadamente 7 pontos percentuais na proporção de consumidores dispostos em pagar à vista.

A expectativa é que este Dia dos Namorados movimente aproximadamente R$ 78,9 milhões no Grande ABC. Descontando a inflação de 8,13% no período, a movimentação econômica deverá ter uma retração de aproximadamente 3,5% neste ano, comparativamente ao ano passado.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,
X