Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Observatório Econômico / Notícias / Grande ABC deve movimentar R$ 55 milhões no Dia dos Pais, segundo pesquisa da Universidade Metodista

Grande ABC deve movimentar R$ 55 milhões no Dia dos Pais, segundo pesquisa da Universidade Metodista

31/07/2012

31/07/2012 15h05 - última modificação 31/07/2012 18h30

 

Os gastos com presentes para o Dia dos Pais, que acontece no dia 12 de agosto, deverá movimentar aproximadamente R$ 55 milhões na região do Grande ABC. Esta é uma das conclusões da Pesquisa de Intenção de Compra - Dia dos Pais 2012, realizada pelo Observatório Econômico da Faculdade de Administração e Economia da Universidade Metodista de São Paulo. Confira o estudo completo aqui.

De acordo com os dados levantados na pesquisa, o valor médio a ser gasto por presente é de R$ 144,10. Mais de 380.000 famílias deverão adquirir algum presente neste Dia dos Pais no Grande ABC.

Do total de entrevistados, 49% revelaram ser solteiros e 4% afirmaram ser casados. Convivem em união estável 41% dos entrevistados, aos quais se somam ainda 4% de divorciados e 2% de viúvos. O estado civil dos indivíduos revelou ter forte influência sobre a disposição em gastar.

Os principais presentes deverão ser itens de vestuário e calçados (44,1%), perfumes e cosméticos (11,7%). Cerca de 12,8% dos entrevistados afirmaram ainda não ter definido o presente a ser comprado.
O principal meio de pagamento utilizado nas compras deverá ser o dinheiro (32%) seguido do cartão de crédito (30,8%) e do cartão de débito (26,3%).

A maioria dos consumidores realizará as compras no mesmo município em que reside, 26,2% de entrevistados que revelaram que planejam efetivar o consumo em um município diferente daquele em que reside.

Já os shoppings foram os apontados como o estabelecimento preferido para realizar a compra do presente (53,3%), seguidos das lojas do comércio formais localizadas no centro das cidades (29%).
Os principais fatores determinantes da escolha do tipo de comércio foram a proximidade do estabelecimento à residência ou ao serviço e o conforto na hora de comprar, o que explica o fato dos shoppings serem o local preferido entre os entrevistados.

Perfil

Dos 441 entrevistados, 55% eram mulheres e 45% homens, sendo que a idade média dos entrevistados revelou-se um pouco inferior a 31 anos. Do total de entrevistados, a maior concentração está na faixa entre 25 e 35 anos.

Com relação ao nível de renda, cerca de 46,4% dos entrevistados revelaram ter renda  familiar  entre  1 e 3 salários  mínimos  (entre  R$ 622  e  R$ 1.866).  A disponibilidade de renda familiar mostrou ser um importante determinante das escolhas dos consumidores, influenciando as decisões referentes ao tipo de comércio, preço, e até a disposição em gastar.

A inserção no mercado de trabalho dos entrevistados demonstrou que a maioria tem vínculo de trabalho formal, com registro em carteira, dado a própria característica produtiva da região.

Metodologia e amostra

Para possibilitar o aprofundamento do conhecimento sobre o comportamento do mercado consumidor da região para o Dia dos Pais, foi aplicado um questionário com mais de 30 questões.

Ao todo foram realizadas pouco mais de 500 entrevistas. Após a análise da base dados, o processo de validação efetivou 441 entrevistas, que passaram a compor a amostra efetiva do estudo. A distribuição destas entre os municípios se mostrou aproximada à distribuição da população residente.

Parâmetro da Pesquisa

População dos Municípios do Grande ABC

 

 

 

Município

2010

nº questionários

São Bernardo do Campo

765.463

131

Santo André

676.407

126

Diadema

386.089

62

Mauá

417.064

78

São Caetano do Sul

149.263

15

Ribeirão Pires

113.068

18

Rio Grande da Serra

43.974

11

Região do Grande ABC

2.551.328

441


Cabe ressaltar que este total de entrevistas consideradas refere-se apenas aos entrevistados que disseram ter interesse em presentear alguém no Dia dos Pais. A pesquisa foi aplicada entre os dias 10 e 19 de julho.

Sobre o Observatório Econômico

Centro de estudos econômicos criado para compilar, organizar e divulgar informações econômicas da região do ABC e de análises que possibilitem o maior entendimento da realidade regional, o Observatório Econômico também funciona como espaço para que os professores realizem seus estudos e os alunos possam aprofundar temas discutidos em sala de aula e tomar contato com a prática profissional da análise econômica.
Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , ,