Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / Junho / Reitor da Metodista recebe líderes do Mackenzie e do Unasp

Reitor da Metodista recebe líderes do Mackenzie e do Unasp

Visita reforçou a união entre Instituições de Ensino Superior confessionais

23/06/2017 15h15 - última modificação 23/06/2017 15h12

Na última quarta-feira (21), o Reitor da Universidade Metodista de São Paulo, professor Paulo Borges Campos Jr., recebeu a visita dos professores Benedito Guimarães Aguiar Neto, reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, e Euler Pereira Bahia, reitor do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp).

Também participaram do encontro o Coordenador de Pós-Graduação e Pesquisa da Metodista, Davi Ferreira Barros, o Coordenador de Educação a Distância, Luciano Sathler, e o Diretor de Finanças, Controladoria e Gestão de Pessoas, Ricardo Rocha Faria.

Neto comenta que “todos são amigos de longa data e como irmãos estavam fazendo uma visita de cortesia pela posse do novo reitor da Metodista”. Além de representar o Mackenzie, o professor também representa o Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB) e a Associação Brasileira de Instituições Educacionais Evangélicas (ABIEE).

“Essa integração com a Educação Metodista é muito forte, temos uma relação muito próxima com esses irmãos. Temos uma pauta comum de temas e à medida que nos unimos, essa proposta se beneficia e nosso poder se multiplica”, diz o reitor da Metodista.

Bahia é um dos representantes da ABIEE e o Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas (FONIF) e comenta que: “as instituições de ensino confessionais têm a grande virtude de se distinguir das outras instituições privadas, pois não têm fins lucrativos e prezam pela qualidade do ensino oferecido aos alunos”.
O ensino evangélico também representa um número significativo no Brasil. Hoje, unidas as Instituições de Ensino Superior (IES) evangélicas chegam a um número de 200 mil alunos. Se considerada a educação básica também, o número sobe para 600 mil no País.

Para o Coordenador de Pós-Graduação e Pesquisa da Metodista, esses números mostram a força das instituições confessionais e ressalta a importância da união de todas. “É uma forma de ajuda mútua, nesse momento de mudanças que passamos e transformação da estrutura educacional. Essas organizações informam e cobram o Ministério da Educação (MEC) a respeito das políticas educacionais, de bolsas de estudos e qualidade de ensino”, diz.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , ,