Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Eclesiocom / Edições Anteriores / 2009 / Tema Central

Tema Central

Apresentação | Histórico | Tema central | Chamada de trabalhos | Programação | Organização

A cobertura da grande imprensa sobre religião no Brasil foi marcada neste 2009 pelas reportagens sobre novos escândalos financeiros relacionados à Igreja Universal do Reino de Deus e ao Bispo Macedo: novas versões de denúncias conhecidas do público desde 1989, quando a Rede Record foi adquirida pela Igreja, e atualizações de abordagens sobre a Universal e suas práticas. O acordo do governo brasileiro com o Vaticano, tema importante no campo religioso e no campo político, não teve o mesmo espaço. Por que? Quais os critérios da grande imprensa na seleção de temas quando a cobertura diz respeito à religião? Como as reportagens são construídas? Como jornalistas compreendem e tratam o pluralismo religioso brasileiro e a diversidade entre cristãos, os fiéis do maior segmento religioso brasileiro? Os jornalistas que cobrem temas religiosos têm preparo para fazê-lo? Quais os sucessos que podem ser identificados? Quais os equívocos?

Estas questões são chave para as reflexões do Eclesiocom 2009, sob o tema “Igrejas na Imprensa. O noticiário sobre religião em foco”, contando, para isso, com a análise de importantes pesquisadores da área, como Fernando Altemeyer, da PUC-SP, e Leonildo Silveira Campos, da Metodista, além da contribuição de quem atua na grande imprensa, como o jornalista d’O Estado de São Paulo Roldão Arruda.

A coordenação geral do Eclesiocom é realizada pelo prof. dr. José Marques de Mello, diretor-titular da Cátedra UNESCO/Metodista para a Comunicação para o Desenvolvimento Regional (www.metodista.br/unesco), que realiza o evento, e pela profa. dra. Magali do Nascimento Cunha, da Faculdade de Teologia e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Metodista. A organização acadêmico-administrativa está a cargo da profa. dra. Maria Cristina Gobbi, da Cátedra UNESCO, e da profa. dra. Isildinha Martins, coordenadora de Eventos Institucionais da Metodista. A promoção é da Faculdade de Comunicação da Metodista, com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social e da Faculdade de Teologia.

Comunicar erros