Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Luciana Grandin: gestão empresarial e gestação ao mesmo tempo

Luciana Grandin: gestão empresarial e gestação ao mesmo tempo

Marcada por realizações pessoais e profissionais, que Luciana aproveitou a formação adquirida na Metodista para dar uma guinada na carreira

21/01/2016 13h20 - última modificação 21/01/2016 19h10

Enquanto cursava Pós-Graduação em Gestão Empresarial EAD na Universidade Metodista de São Paulo, Luciana Grandin teve sua segunda filha. Após a conclusão do curso, nasceu mais uma “filha”: sua própria empresa. Foi assim, marcada por realizações pessoais e profissionais, que Luciana aproveitou a formação adquirida na Metodista para dar uma guinada na carreira.

Chá de bebê na empresa. Foto: arquivo pessoal
Chá de bebê na empresa. Foto: arquivo pessoal

Luciana já conhecia a Metodista e seu modelo de Educação a Distância graças a seu marido, que se formou no curso de Tecnólogo em Logística EAD e gostou muito do formato, conteúdo e corpo docente do curso. “Já tinha outros cursos de Pós Graduação [Psicossomática e Administração de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas] e queria realizar um curso que tivesse um conteúdo amplo - o que achei no curso de Gestão Empresarial, com a preocupação da excelência - e realmente encontrei isso no corpo docente -, a preço acessível - e em EAD, devido minhas viagens e jornada intensa de trabalho.”

A modalidade EAD encaixou-se perfeitamente a uma realidade que reunia os cuidados com a primeira a filha, à época com cinco anos, muitas viagens e rotina intensa de trabalho. “Gostei muito de todo conteúdo e a forma organizada como administram o curso. O aluno deve ser envolvido, disciplinado e maduro, mas a grande diferença foi a abertura e disponibilidade de todos envolvidos e em todas as necessidades - TI, administradores do curso, docentes, etc.”

Questionada sobre quais os ganhos que a Pós-Graduação da Metodista lhe trouxe, ela afirma: “Tive contato com outras disciplinas que iam além de minha formação, conteúdos relevantes e atualizados para minha carreira. Meu relacionamento com meu orientador foi fantástico e realmente inspirador; por isso me encorajei e retomei meus estudos sobre Estresse e fui convidada a apresentar meu trabalho no Congresso Internacional de Gerenciamento do Stress- 2015, ligado a renomada: International Stress Management Association no Brasil, a ISMA-BR. Nesse ano de 2016, fui convidada a fazer parte da comissão organizadora para o congresso, que ocorrerá em junho desse ano.”

Guinada na carreira

Durante a Pós-Graduação, ela respondia pela área de Recursos Humanos de uma empresa multinacional brasileira, onde permaneceu por cinco anos. Ainda hoje ela atua na empresa, prestando consultoria na área de RH mas, ao término do curso, ela resolveu abrir seu próprio negócio, dentro da área de Desenvolvimento de Pessoas, Coaching e Psicologia: uma escola que atua com cursos de coaching, desenvolvimento humano e saúde emocional, com crianças a partir de cinco anos, adultos e executivos. “Uma proposta inédita sob a metodologia do Dr. Augusto Cury”, conta. “Algumas disciplinas como Empreendedorismo, Finanças, Contabilidade me ajudaram nessa decisão”, garante Luciana. “Com certeza o fato de ter esse curso de Pós-Graduação elevou meu conceito como empreendedora, nas negociações feitas com o grupo que me convidou para esse desafio. Estou muito empolgada e feliz com essa oportunidade.”

Luciana não perde a chance de recomendar o curso a seus conhecidos. “Os professores têm olhar particular às demandas dos alunos e o respeitam em suas mais diversas necessidades. No início do curso, em nome ainda da área de RH, fiz um convênio com a Metodista para a divulgação na empresa e descontos aos colaboradores.”

Trabalho em dobro: bebê e TCC

Mas Luciana foi surpreendida durante o curso: logo no 1º semestre, descobriu que estava grávida de sua segunda filha, Stella. Hoje com 1 ano e 4 meses, ela nasceu bem à época da entrega do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). “Se o curso não fosse EAD, talvez eu não continuasse, mas fazer as aulas no conforto da minha casa, às 8h da manhã dos sábados, fizeram toda diferença. Conversei com os professores envolvidos e tive as melhores respostas e atenção que poderia. Esse incentivo fez com que eu me motivasse e quisesse responder à altura, fazendo um trabalho de qualidade e terminando meu TCC”, conta Luciana.

A aluna se recorda de um momento específico em que sentiu a atenção especial dos professores. “Um dia estava no meu limite com toda essa situação, já havia retornado de licença e estava trabalhando muito, já em cima do prazo do TCC, estudava da meia noite às 2h, até amamentar a nenê, às 2h30... e disse ao professor que me desculpasse, mas que não daria tempo, que eu estava realmente esgotada. E ele me ajudou, conseguiu me dar uma oportunidade e um novo prazo, de mais um dia. E por isso consegui apresentar e finalizar tudo em meio a tantos desafios. Eu sempre fui muito grata ao atendimento e atenção deles, mas tive também que assumir minha responsabilidade e ter muita disciplina”, pondera.

Se Stella já se envolveu com EAD desde antes de nascer, se depender da mãe, ela poderá dar sequência a essa ligação. “Apoiaria as duas [filhas] a fazerem cursos e faculdade à distância, e acho realmente que a tecnologia está muito a nosso favor nesse sentido. Basta ter claro o objetivo de realizar o curso, clareza de seu papel como aluno, organização e disciplina”, conclui.

copy_of_Otrminodocursoemeuposicionamentodeabrirmeuprprionegcioparaficaraindamaisprximadaminhafamlia.Meuanonovo_07.jpg
Mais tempo com a família após abrir negócio próprio. Foto: arquivo pessoal
Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: ,