Você está aqui: Página Inicial / Notícias EAD / Prof. Antero comenta no portal GesSaúde sobre fechamento de hospitais

Prof. Antero comenta no portal GesSaúde sobre fechamento de hospitais

Publicação atribui à má gestão problemas enfrentados pelo setor particular

06/08/2018 19h20 - última modificação 06/08/2018 19h21

Há hoje no Brasil pelo menos 430 hospitais particulares a menos do que em 2010, o que agrava o número de leitos disponíveis: são 1,96 por mil brasileiros, contra recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 3,2 leitos/mil habitantes.

Apesar de fatores externos como envelhecimento da população que demanda mais internação, defasagem da tabela SUS, arrastada crise econômica e exigências por mudanças nos modelos de remuneração e precificação, a má gestão é o fator principal que faz muitas instituições sucumbirem, conclui publicação do portal GesSaúde da qual participa professor Antero Matias, do curso de Gestão Hospitalar e da pós-graduação em Administração Hospitalar da Educação Metodista a Distância (EAD).

Denominado “Os desafios da saúde: por que os hospitais morrem?”, o material foi editado também na forma de e-book e reflete sobre o contexto atual, em que estão na ativa 6.805 unidades, das quais 70% privadas. Segundo professor Antero, as dificuldades atingiram sobretudo hospitais de pequeno porte (68%) com até 50 leitos e na maioria com porta SUS, cujo perfil de remuneração é difícil porque exige das instituições ter capital de giro reforçado, já que o reembolso do governo se dá só após a saída operacional.

Veja o e-book na íntegra.

Esta matéria foi publicada no Jornal da Metodista.
Conheça Outras.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , , , , ,