Você está aqui: Página Inicial / Notícias EAD / Alunos de Gestão Hospitalar EAD vão implantar lavanderia no Paraná

Alunos de Gestão Hospitalar EAD vão implantar lavanderia no Paraná

Aline e José Luis, do 2º ano, serão gestores de lavanderia hospitalar da Elis Brasil em Maringá

25/09/2017 18h40 - última modificação 28/09/2017 17h35

Aline e José Luis: crescendo na contramão do País

A máxima de que em períodos de crise deve-se investir em formação e capacitação cai como luva para o casal Aline Martins e José Luis Lopes de Oliveira. Nos últimos dois anos, enquanto o País enfrentava forte retração econômica, eles apostaram na carreira cursando Gestão Hospitalar na Educação a Distância Metodista e estão colhendo frutos antes mesmo de encerrar a graduação: Aline e José Luis foram convidados pela Elis Brasil, onde atuam na planta de Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo, para trabalhar na planta de higienização hospitalar de Maringá, no Paraná. 

A formação que estão tendo na Universidade Metodista de São Paulo foi praticamente o motor de arranque da ascensão profissional do casal, que integra a primeira turma do curso de Gestão Hospitalar, iniciado em 2015. Aline tem passagens pelo Hospital Emílio Ribas, onde conheceu o curso EAD, por Dante Pazzanese e pela Beneficência Portuguesa, na Capital. Passou de encarregada de lavanderia para analista de produção e qualidade nestes dois últimos anos e agora comandará a lavanderia hospitalar da Elis Brasil em Maringá.

Diploma Metodista

José Luis passou pelos setores de hotelaria e logística antes de chegar à Lavebras, que foi incorporada pelo grupo internacional da Elis Brasil. Em dois anos e meio, praticamente no decorrer do curso da Metodista, José Luis passou de líder de expedição para encarregado e supervisor de produção, sendo promovido agora para supervisor sênior na nova unidade paranaense.

“Sem dúvida o curso possibilitou esse salto na carreira, já que nossa empresa valoriza muito a profissionalização dos quadros. Tanto que nos incentivou a prosseguir estudando e vamos terminar a graduação pelo Polo de Londrina”, conta José Luis, que fará colação de grau em dezembro de 2018 e Aline, em agosto de 2018.

O nome da instituição também pesou na decisão: “Ter um diploma da Metodista traz prestígio. Vamos andar 80 quilômetros de Maringá a Londrina, mas não vamos deixar o curso”, diz Aline. Ela testemunha que a graduação fez crescer sua visão do segmento de saúde, já que a lavanderia interage com todos os setores de um hospital, desde a hotelaria até a nutrição e infraestrutura clínica.

“O curso de Gestão Hospitalar permite aos alunos oportunidades de ascensão não apenas dentro das empresas de serviços hospitalares onde atuam, mas também àqueles que estão iniciando carreira. Lavanderia, por exemplo, é um setor estratégico. Se não funciona dentro de rígidos padrões, causa infecção hospitalar generalizada”, comenta o coordenador do curso, professor Airton Viriato.

Comunicar erros


Leia mais notícias sobre: , , , , ,