Oficina de Escrita Criativa – Narrativa

Curso presencial
Carga Horária: 28 horas
Duração do curso: 2 meses
Aulas: 09, 16, 23 e 30 de outubro; 06, 13 e 27 de novembro; e 4 de dezembro de 2018
Local: Campus Rudge Ramos
Horários: Das 14h às 17h30
Investimento: R$ 287,00
Aguarde informações

 

 

 

 

 

OBJETIVO

As formas de construção de narrativas possuem uma longa e complexa história, recuando até as origens da Humanidade. Longe de perderem sua importância, tais formas ganham no presente novas possibilidades de desenvolvimento graças aos novos recursos tecnológicos disponíveis: as imagens móveis do cinema e do vídeo, as infinitas variações e encadeamentos da Internet, o apelo lúdico dos jogos, etc. Tendo em vista esse painel, este curso de extensão tem por objetivo oferecer ao aluno inscrito a possibilidade de refletir analiticamente sobre as possibilidades de construção mimética, experimentando e refletindo a respeito das estratégias para criar um texto narrativo.

  

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Apresentação. Origens possíveis da antiga arte de narrar; primeiros experimentos com a estruturação das histórias.
As transmutações narrativas: da fala à escrita, da imagem estática à imagem em movimento; condensação, expansão, síntese.
Elementos de construção narrativa; personagens, situação, cenário
As muitas formas da trama; unidade e caos no tempo/espaço.
O sentido fabular e o sentido simbólico; figuras e metáforas.
A construção do estranho, do incomum e do cotidiano; efeitos de verossimilhança.
O caminho progressivo do peregrino; linearidade x ruptura.
Projeções da ficção na realidade cotidiana; o guia para a multiplicidade polifônica de um universo. Encerramento e comentários sobre o curso.

 

PÚBLICO-ALVO

Pesquisadores, estudantes de graduação ou de pós-graduação, pessoas que se interessem pelo assunto com ao menos o ensino médio concluído.

 

PROFESSOR RESPONSÁVEL

Alcebiades Diniz Miguel
Alcebiades Diniz Miguel é professor, tradutor, pesquisador e escritor, tendo por especialidade as narrativas, a criação de histórias, o registro de universos inteiros no papel. Bacharel em linguística pela Universidade de São Paulo (USP), realizou mestrado, doutorado e pós-doutorado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), tendo, nesse percurso, um estágio de pesquisa na Brunel University e na British Library (em Londres). Posteriormente, ampliou o escopo de suas pesquisas ao trabalhar com periódicos literários brasileiros na virada do século XIX para o XX, nos arquivos da Fundação Biblioteca Nacional. Suas pesquisas se centram na narrativa, em todos os seus formatos (escrita, audiovisual, quadrinística) notadamente de natureza fantástica, mas sem qualquer limitação de forma ou gênero – além, claro, da materialidade de tais narrativas na forma de livros. Sobre livros, aliás, publica textos em seu blog bilíngue, Bibliofagia / Bibliophage. Teve parte de sua produção ficcional publicada em edições na Romênia e Alemanha, além de ter trabalhado diretamente como editor da coletânea de ensaios e narrativas sobre livros de título Booklore, publicada pela editora Zagava de Düsseldorf. Atualmente, através de sua editora artesanal Raphus Press, busca novas experiências no universo dos livros.

Comunicar erros