Ir para o conteúdo.

.
Você está aqui: Página Inicial / JBCC / Universidade Católica do Uruguai recebe IV Fórum Ibero-americano de Cátedras UNESCO de Comunicação

Universidade Católica do Uruguai recebe IV Fórum Ibero-americano de Cátedras UNESCO de Comunicação

O professor Roberto Chiachiri, titular da Cátedra UNESCO/UMESP participou do encontro

08/11/2018 20h08

Nila Maria

Nos últimos dias 24 e 25 foi realizada, na Universidade Católica do Uruguai (UCU) a quarta edição do Fórum Ibero-americano de Cátedras Unesco de Comunicação, cujo tema foi “Saberes e Práticas de Comunicação para a Mudança”.

No encontro, foram realizadas cinco mesas de apresentações com as temáticas “Comunicação e Democracia”, “Práticas de Comunicação para a acessibilidade e a inclusão”, “Transformações e tensões na indústria audiovisual”, “A Comunicação da mudança organizacional” e “Comunicação e desenvolvimento regional”.

O prof. Dr. Roberto Chiachiri, titular da Cátedra UNESCO/UMESP, participou do evento representando o Brasil, apresentando seu trabalho “Comunicação humanitária e inclusão social”, que se trata não somente das preocupações relacionadas aos menos favorecidos economicamente mas de todo indivíduo que esteja em condição de exclusão da plena participação dos direitos humanos. Neste caso, a comunicação age como mediadora dos conflitos e das tragédias humanitárias, promovendo um olhar mais atento ao papel social e cidadão, segundo ele, “compreendendo as importantes e flagrantes mudanças no crescimento dos signos na ciência da comunicação”.

A apresentação de Chiachiri focou em tratar sobre os imigrantes e refugiados internos dos movimentos migratórios da América Latina, sobretudo no caso da Venezuela. A comunicação, ao abordar o caso das crises humanitárias que envolvem a migração forçada, tem o papel de discutir maneiras de se formar uma opinião pública lúcida sobre o assunto e, assim, capaz de pressionar os governos a criar políticas humanitárias.

O professor relata que, de maneira geral, todas as discussões realizadas no encontro foram muito bem elaboradas, mas destaca a preocupação da comunicação e seus meios nas causas humanitárias. Ele acredita que eventos como este sempre acrescentam muito em termos culturais e que a troca de conhecimentos é importante. “Esse encontro no Uruguai foi mais uma oportunidade de reunir amostras do pensamento latino-americano em comunicação, nossas questões e a inserção da América Latina em âmbito internacional”, diz.

Roberto também reconhece que as Cátedras UNESCO de Comunicação têm realizado, em todo o mundo, “um trabalho bastante dinâmico, cheio de vontade e desejos de muita produção científica”. Junto às Cátedras latino-americanas estão Portugal e Espanha, o que vem a formar as Cátedras UNESCO Ibero-americanas.

Comunicar erros